Aplicação de calcário, silicato e gesso em soqueira de cana-de-açúcar sem despalha a fogo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2008-10-29

Orientador

Crusciol, Carlos Alexandre Costa

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O Brasil é destaque internacional na produção de cana-de-açúcar, sendo o Estado de São Paulo responsável por 68% da produção de cana com aproximadamente 3,7 milhões de ha. (FNP, 2008). A aplicação de calcário em superfície, sem incorporação, tem-se mostrado viável em sistema de plantio direto para diversas culturas. Porém, para a cultura da cana-de-açúcar, sem queima prévia, ainda não se tem um estudo detalhado. Como no sistema de produção de cana crua também é mantida a palha sobre o solo, é possível obter os mesmos benefícios ou até melhores em razão da grande quantidade de palha e do sistema radicular da cana. Outra alavanca tecnológica e ecologicamente correta é o uso de silicato de cálcio como corretivo de solo. Nesse contexto, o objetivo do trabalho foi verificar os efeitos promovidos no solo e na produção de colmos de cana pela aplicação de doses de calcário, silicato de cálcio e gesso em soqueira de cana crua. Instalou-se quatro experimentos no ano agrícola de 2002/03, num Latossolo vermelho-amarelo arenoso. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com quatro repetições. Experimento (I): Os tratamentos constituíram um fatorial 4 x2, em esquema de parcela subdividida, sendo as parcelas compostas de quatro doses de calcário (0, 900, 1800 e 3600 kg ha-1) e as subparcelas por duas doses de gesso (0 e 1700 kg ha-1). Experimento (II): As parcelas foram constituídas por quatro doses de silicato (0, 850, 1700 e 3400 kg ha-1) e as subparcelas por duas doses de gesso (0 e 1700 kg ha-1) em esquema de parcela subdividida. Experimento (III): As parcelas foram compostas por dois corretivos (calcário e silicato) e as subparcelas por quatro níveis de corretivos (0; 0,5; 1,0 e 2,0 vezes a necessidade de calagem). Experimento (IV): Composto por seis tratamentos- 1) testemunha; 2) gesso agrícola; 3) calcário; 4) silicato; 5) mistura...

Resumo (inglês)

Sugarcane production in Brazil is the biggest in the world. There are two main producing regions: Northeast and Center-South. Sao Paulo State is responsible for 68% of cane production with approximately 3.7 milion ha. Surface liming without incorporation is considered feasible in no-tillage system for several crops. However, as to sugarcane a comprehensive study has not been made so far. Another technological eco-friendly tool is the use of slag as a soil acidity corrective material. This research aimed at comparing the effects in the soil and cane production brought by the application of limestone, calcium silicate and gypsum in green sugarcane ratton. Four experiment was carried out on Latosol in 2002/2003. A randomized complete block design, in split-plot scheme, and four replications was used. Experiment (I): The plots were composed by four dolomite limestone levels (0, 900, 1800 e 3600 kg ha-1) and the subplot were composed by without and with phosphogypsum application (0 e 1700 kg ha-1). Experiment (II): The plots were composed by four calcium silicate levels (0, 850, 1700 e 3400 kg ha-1) and the subplot were composed by without and with phosphogypsum application (0 e 1700 kg ha-1). Experiment (III): The plot were composed by two soil acidity corrective (limestone and calcium silicate) and the subplot composed by four levels. Experiment (IV): Composed by six treatment: 1) check; 2) phosphogypsum; 3) limestone; 4) calcium silicate; 5) limestone + phosphogypsum; 6) calcium silicate + phosphogypsum. Evaluated cane yields and soil chemical characteristics at 0-0,05; 0,05-0,10; 0,10-0,20; 0,20-0,40; 0,40-0,60 m depth. Limestone and Calcium silicate promoted acidity reduction and increasing on Ca and Mg content of soil profile.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

FOLTRAN, Rodrigo. Aplicação de calcário, silicato e gesso em soqueira de cana-de-açúcar sem despalha a fogo. 2008. 100 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2008.

Itens relacionados