Soil management and nitrogen fertilization for sprinkler-irrigated upland rice cultivars

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2003-01-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O uso da irrigação por aspersão para a cultura do arroz (Oryza sativa L.) é prática relativamente recente no Brasil. Desta forma, o manejo do solo e da adubação ainda não estão bem definidos para esta prática agrícola. Um outro problema é a falta de cultivares específicos para essa modalidade de cultivo. Desse modo, propôs-se o estudo com o objetivo de avaliar o comportamento de cultivares de arroz de terras altas irrigados por aspersão em função do manejo do solo e da adubação nitrogenada em cobertura quanto à produção e qualidade de grãos. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso disposto em um esquema fatorial 3 x 3 x 5, totalizando 45 tratamentos constituídos pela combinação de três cultivares de arroz (Primavera, Confiança e Maravilha), três modalidades de manejo do solo (grade aradora + grade niveladora, arado de aiveca + grade niveladora e plantio direto) e cinco doses de nitrogênio em cobertura (0, 25, 50, 75 e 100 kg ha-1), com quatro repetições. O experimento foi conduzido durante os anos agrícolas de 1999/00 e 2000/01, no município de Selvíria, MS, num Latossolo Vermelho álico, textura argilosa. Os cultivares Primavera e Maravilha apresentaram maior produtividade de grãos em relação ao Confiança, por outro lado, este apresentou maior rendimento de benefício e de inteiros no beneficiamento. O preparo do solo com arado de aiveca e o plantio direto interferiram positivamente nas características agronômicas e produtivas da cultura. Já no rendimento de engenho, o preparo do solo com grade e arado de aiveca apresentaram melhor resultado em relação ao plantio direto. A adubação nitrogenada em cobertura não interferiu nas características agronômicas e produtivas e no rendimento de engenho dos cultivares testados.

Resumo (inglês)

The use of sprinkler irrigation for rice (Oryza sativa L.) crop is a relatively recent practice in Brazil. Therefore, crop soil and fertilization management are still not very well defined. Another problem is the inexistence of specific cultivars adapted to this cropping system. This study aimed to evaluate sprinkler-irrigated upland rice cultivars under different soil management practices and nitrogen sidedressing rates in relation to yield and grain quality. A randomized block design was used, arranged as a 3 x 3 x 5 factorial scheme, totaling 45 treatments consisting of the combination of three rice cultivars (Primavera, Confiança and Maravilha), three soil management systems (disk harrow + levelling harrow, moldboard plow + levelling harrow and no-till) and five nitrogen rates, applied as sidedressing (0, 25, 50, 75 and 100 kg ha-1), with four replicates. The experiment was set up during the 1999/2000 and 2000/2001 cropping seasons, in Selvíria, MS, Brazil, on a Typic Haplustox of clayey texture. Cultivars Primavera and Maravilha presented higher grain yield than Confiança; on the other hand the latter showed higher milled and head rice yields during seed processing. Soil tillage with the moldboard plow and no-till interfered positively in the agronomic and productive characteristics of the crop. In relation to milled rice yield, tilling with the levelling disk + moldboard plow showed better results in relation to no-till. Nitrogen sidedressing did not interfere with the agronomic and productive characteristcs as well as with the milled rice yield of all cultivars.

Descrição

Idioma

Inglês

Como citar

Scientia Agricola. São Paulo - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, v. 60, n. 2, p. 345-352, 2003.

Itens relacionados