Avaliação do uso de inoculante em genótipos de arroz de terras altas na região oeste de São Paulo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2021-11-26

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A produção de arroz é fundamental para o desenvolvimento econômico e social de diversas regiões. A alta produtividade do grão reflete o desenvolvimento tecnológico aplicado ao setor além de proporcionar viabilidade em campo. Nesse sentido, o uso da biotecnologia vêm auxiliando o crescimento da cultura principalmente com a aplicação de microrganismos diazotróficos como inoculantes biológicos para fixação de nitrogênio. Desta forma, o objetivo do presente projeto foi a avaliação de genótipos de arroz de terras altas associados à aplicação de A. brasilense na região oeste do estado de São Paulo. O estudo foi desenvolvido no ano agrícola de 2020/21 em um argissolo vermelho amarelo distrófico, em Dracena – SP na Área Experimental da Faculdade de Ciências Agrárias e Tecnológicas da Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP). Foi utilizado o delineamento experimental em blocos casualizados contendo quatro repetições onde os tratamentos constaram da avaliação de sete genótipos de arroz de terras altas e uma testemunha comercial (IAC 203). Os genótipos foram analisados mediante a inoculação de A. brasilense nas doses de 200 (dose comercial) e 400 mL na semeadura. As seguintes variáveis foram avaliados: altura de planta, diâmetro do colmo, grau de acamamento, número de colmos por m2, número de panículas por m2, perfilhamento útil e massa hectolítrica. Os resultados apresentaram aumentos significativos para altura de planta quando comparados às aplicações do inoculante biológico. Todos os outros parâmetros apresentaram variações significativas entre os genótipos testados. Resultados superiores para diâmetro do colmo foram observados para os genótipos OSVR15047, OSVR15029 e OSVR15001 enquanto que os genótipos OSVR15023 e IAC 203 mostraram-se superiores para a variável altura de planta. Em relação ao grau de acamamento, apenas o genótipo OSVR15038 apresentou valor significativo (1,25 cm) quando comparado aos demais genótipos avaliados. Os genótipos OSVR15029 e OSVR15042 apresentaram os melhores valores para o parâmetro número de panículas por m2 enquanto que os resultados associados ao número de colmos por m2 não apresentaram diferença estatística. Os resultados mostraram que o uso de A. brasilense em genótipos de arroz de terras altas influencia em determinados parâmetros agrícolas e que há variação entre os genótipos testados. Isso demonstra que a escolha do genótipo é essencial para o sucesso no plantio principalmente na região Oeste do estado São Paulo.
Rice production is fundamental for the economic and social development of several regions. The high productivity of the grain reflects the technological development applied to the sector, in addition to providing field feasibility. In this sense, the use of biotechnology has helping the development of the culture, mainly with the application of diazotrophic microorganisms as biological inoculants for nitrogen fixation. Thus, the aim of this study was to evaluate upland rice genotypes associated with the application of A. brasilense in the Western region of the state of São Paulo. The study was carried out in the agricultural year of 2020/21 in a dystrophic RED ARGISSOL, in Dracena – SP, in the Experimental Area of the Faculty of Agrarian and Technological Sciences of the State University “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP). A randomized block design with four replications was used, where the treatments consisted of the evaluation of seven upland rice genotypes and a commercial control (IAC 203). The genotypes were analyzed by inoculating A. brasilense at doses of 200 (commercial dose) and 400 mL at sowing. The following parameters were evaluated: plant height, stem diameter, degree of lodging, number of stems per m2, number of panicles per m2, useful tillering and hectoliter mass. The results showed significant variations for plant height when compared to applications of the biological inoculant. All other parameters showed significant variations between the tested genotypes. Superior results for stem diameter were observed for the OSVR15047, OSVR15029 and OSVR15001 genotypes while the OSVR15023 and IAC 203 genotypes were superior for the plant height variable. Regarding the degree of lodging, only the OSVR15038 genotype presented a significant value (1.25 cm) when compared to the other genotypes evaluated in the study. The genotypes OSVR15029 and OSVR15042 showed the best values for the parameter number of panicles per m2 while the results associated with the number of stalks per m2 showed no statistical difference. The results showed that the use of A. brasilense in upland rice genotypes influences certain agricultural parameters and that there is variation among the tested genotypes. This demonstrates that the choice of genotype is essential for successful planting, especially in the Western region of the state of São Paulo.

Descrição

Palavras-chave

Arroz, Inoculante biológico, Biotecnologia, Bactérias diazotróficas, Genótipo, Rice, Biological inoculant, Biotechnology, Diazotrophic bacteria, Genotype

Como citar