Estudo de efeito do cozimento nos compostos bioativos presentes no espinafre e na chicória

dc.contributor.advisorSylos, Célia Maria de [UNESP]
dc.contributor.authorRicardo, Mariana Fuentes [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2015-07-13T12:09:25Z
dc.date.available2015-07-13T12:09:25Z
dc.date.issued2015-04-24
dc.description.abstractA necessidade de fazer com que haja um aumento no consumo de hortaliças se faz crescente no mundo inteiro, isso porque esta é uma fonte rica em micronutrientes e macronutrientes, além de não agregar muito valor calórico na dieta e ser um alimento acessível para todas as classes econômicas. Entretanto, no Brasil, é verificado que a porcentagem da população que consome diariamente o recomendado de hortaliças e frutas ainda não atingiu o ideal para que se possa obter os benefícios trazidos do consumo, como a prevenção de algumas doenças não transmissíveis, através da dieta. Por isso, a necessidade de se estudar maneiras diferentes de cozimento das hortaliças, para que se torne possível preparar os vegetais de maneiras diferentes e torná-los mais atrativos, garantindo a melhor forma de fazê-los, para que se escolha o tratamento que melhor conserva o conteúdo de compostos bioativos. Para esse estudo foram considerados dois vegetais de grande importância, o espinafre (SpinaciaoleraceaL.) e a chicória (ChicoriumintybusL.), que foram submetidos a quatro tratamentos de cozimentos dististintos, a 100°C, no vapor, no microondas e no óleo, para cada tratamento foi avaliado parâmetros de cor, análise de sólidos solúveis totais, acidez titulável, determinação de ácido ascórbico, determinação de fenólicos e flavonoides totais, avaliação da atividade sequestrante de radicais livres (DPPH e ABTS) e carotenoides. Os resultados obtidos foram bastante diversificados, ou seja, para cada teste desenvolvido houve uma retenção maior do composto bioativo estudado em determinado cozimento preparado, entretanto o tratamento realizado a 100°C foi o tratamento que obteve menor retenção dos compostos bioativos entre os testes realizados.pt
dc.format.extent35 f.
dc.identifier.aleph000838679
dc.identifier.citationRICARDO, Mariana Fuentes. Estudo de efeito do cozimento nos compostos bioativos presentes no espinafre e na chicória. 2015. 35 f. , 2015.
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2015-06-26/000838679.pdf
dc.identifier.lattes2531102466457738
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/124260
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectEspinafrept
dc.subjectHortaliçaspt
dc.subjectElementos traços na nutriçãopt
dc.subjectCompostos bioativospt
dc.subjectBioactive compoundspt
dc.titleEstudo de efeito do cozimento nos compostos bioativos presentes no espinafre e na chicóriapt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
unesp.author.lattes2531102466457738
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Araraquarapt
unesp.undergraduateFarmácia-Bioquímica - FCFARpt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
000838679.pdf
Tamanho:
337.8 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format