Vitória distraída: roteiro da super-superação do niilismo em Paulo Leminski

dc.contributor.advisorAlexandre Silveira Campos
dc.contributor.authorOliveira Neto, Francisco Xavier de
dc.date.accessioned2023-11-08T19:32:33Z
dc.date.available2023-11-08T19:32:33Z
dc.date.issued2023-08-15
dc.description.abstractEste trabalho objetiva recompor elementos que constroem o sentido de poemas do livro Distraído Venceremos (1991) e do conto Descartes com Lentes, do poeta curitibano Paulo Leminski. A escolha dos textos se promoveu após se considerar a leitura da coleção de textos críticos compilados em Ensaios e Anseios Crípticos (Lemisnki, 2011), uma vez que, nesses ensaios, Leminski (2011) se mostra disposto a discorrer sobre a poesia como também o ato de criar poesia. Este trabalho se detém em investigar metapoemas, isto é, poemas que têm como proposta pensar “o fazer poético”. Não somente isso, os poemas em questão têm como fundo os conceitos filosóficos de “eterno retorno”, ou seja, a repetição do movimento, tornar a encontrar-se com o “devir”. Por devir entende-se por vir a ser, o constante encontro com a mudança, como uma síntese do que há de vir em resultado do tempo e de sua extensão e o devir a afirmar o ser síntese do devir em uma dupla afirmação. A afirmação do devir comunga no “amor fati”, isto é, amor aos fatos sem mascará-los ou falseá-los e, em consequência disso, afirmação da vontade. Como apresentado, as problemáticas a respeito do “eterno retorno”, “devir” e “amor fati”, aos moldes que se entendem hodiernamente, surgira no fim do século XIX com o filósofo alemão Friedrich Nietzsche. Posteriormente, os conceitos de “amor fati”, “eterno retorno” e “devir” foram retomados por Gilles Deleuze (1990) e aperfeiçoados no Brasil, posteriormente, por Viviane Mosé (2018), portanto esses pensadores serão a base filosófica deste trabalho. Deleuze (1991) advoga que o signo linguístico “absorve todo conteúdo enquanto consciência e aparição”. Além disso, para Deleuze (1991) há uma relação cognitiva que se estabelece entre o signo linguístico e a imagem. A guiar para os estudos literários e da poesia, considera-se Octávio Paz (1999) em seu estudo sobre a imagem e a poesia, dado que, para Paz (1999), o poeta cria imagens que têm sentidos em níveis diversos, são eles: para o primeiro nível está a autenticidade do poeta que “viu e ouviu”, desse modo é expressão da visão e da experiência de mundo do poeta em questão, posto que essa seja uma verdade psicológica; como segundo nível essas imagens constituem “uma verdade objetiva válida por si mesma.” Haja vista que o texto literário pertence ao grupo de textos figurativos, isto é, textos que têm como princípio a criação de um mundo imagético de ordem psicológica, no processo de análise dos textos deste trabalho utilizou-se a Semiótica Discursiva greimasiana. Para tanto, os conceitos de percurso gerativo do sentido, o processo de figurativização e as questões do observador ligadas a Bertrand (2003). Em suma, verifica-se os percursos temáticos das obras supracitadas de Paulo Leminski que apontam para os temas que convergem na superação do niilismo contemporâneo, por isso este trabalho descreve os procedimentos semióticos de criação de sentido utilizados pelo autor.pt
dc.description.abstractThis work aims to recompose elements that build the meaning of poems from the book Distraído Venceremos (1991) and the short story Descartes com Lentes, by the Curitiba poet Paulo Leminski. The choice of texts was made ater considering the reading of Thé collection of critical texts compiled in Ensaios e Anseios Crípticos (Lemisnki, 2011), since, in these essays, Leminski (2011) is willing to discuss poetry as well as the act of creating poetry. This work focuses on investigating metapoems, that is, poems that propose thinking about “poetic making”. Not only that, the poems in question have as their background the philosophical concepts of “eternal return”, that is, the repetition of movement, meeting again with “becoming”. By becoming we mean becoming, the constant encounter with change, as a synthesis of what is to come as a result of time and its extension and becoming affirms being, the synthesis of becoming in a double affirmation. The affirmation of becoming involves “amor fati”, that is, love of facts without masking or falsifying them and, as a result, affirmation of the will. As presented, the issues regarding “eternal return”, “becoming” and “amor fati”, as understood today, arose at the end of the 19th century with the German philosopher Friedrich Nietzsche. Subsequently, the concepts of “amor fati”, “eternal return” and “becoming” were taken up by Gilles Deleuze (1990) and perfected in Brazil, later, by Viviane Mosé (2018), therefore these thinkers will be the philosophical basis of this work. Deleuze (1991) argues that the linguistic sign “absorbs all content as consciousness and appearance”. Furthermore, for Deleuze (1991) there is a cognitive relationship that is established between the linguistic sign and the image. Guiding towards literary and poetry studies, Octávio Paz (1999) is considered in his study on image and poetry, given that, for Paz (1999), the poet creates images that have meanings at different levels, they are : for the first level there is the authenticity of the poet who “saw and heard”, in this way it is an expression of the vision and world experience of the poet in question, although this is a psychological truth; as a second level these images constitute “an objective truth valid in itself.” Given that the literary text belongs to the group of figurative texts, that is, texts that have as their principle the creation of an image world of a psychological order, in the process of analyzing the texts of this work Greimasian Discursive Semiotics was used. To this end, the concepts of the generative path of meaning, the figurativization process and the observer's questions linked to Bertrand (2003). In short, we can see the thematic trajectories of Paulo Leminski's aforementioned works that point to the themes that converge in overcoming contemporary nihilism, which is why this work describes the semiotic procedures for creating meaning used by the author.en
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamento
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/11449/251274
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.subjectSemiótica Discursivapt
dc.subjectNiilismopt
dc.subjectNietzschept
dc.subjectPaulo Leminskpt
dc.subjectPoesiapt
dc.titleVitória distraída: roteiro da super-superação do niilismo em Paulo Leminski
dc.title.alternativeDistracted Victory: A Roadmap for the Super-Surpassing of Nihilism in Paulo Leminskien
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara
unesp.embargoOnline
unesp.examinationboard.typeBanca pública
unesp.graduateProgramEstudos Literários - FCLAR 33004030016P0
unesp.knowledgeAreaLiteratura e vida social
unesp.researchAreaEstudos Semióticos

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
oliveiraneto_fx_me_arafcl.pdf
Tamanho:
819.74 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
2.98 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: