Avaliação energética e custo de produção da cana–de açúcar (Saccharum) do preparo de solo ao 5ºcorte

Imagem de Miniatura

Data

2007-12-04

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Motivados pelo interesse internacional no álcool combustível (etanol) e com a crescente demanda interna, o setor sucro-alcooleiro está em franca expansão, seja em novas unidades produtoras ou aquisições e fusões. Este cenário tem levado à expansão da área plantada. Os objetivos principais deste trabalho foram proceder a análise energética da cultura e realizar o levantamento do custo de produção nas condições de corte manual com queima prévia da palha e corte mecanizado sem a queima do canavial, ao longo de cinco anos de produção (2001 – 2006). O trabalho foi realizado em uma usina produtora de açúcar e álcool do interior do Estado de São Paulo, considerada de médio porte e com utilização das melhores técnicas de produção. Incluem-se aqui desde o preparo de solo das áreas a renovar, plantio, tratos culturais e cinco colheitas. Na estrutura de dispêndios energéticos foram quantificadas as entradas de energia (input) e as saídas de energia (output), determinando-se a eficiência cultural de um ciclo completo na produção de cana-de-açúcar. Paralelamente, foram calculados os custos de produção por fases e também do ciclo completo para se produzir cana-de-açúcar. Os resultados evidenciaram, para a cana queimada, uma dependência de 66,33% de energia do tipo direta com destaque para a fonte biológica em 51,80%, sendo as formas de energia contidas nas mudas e na mão-de-obra responsáveis por 50% e 1,8% da participação, respectivamente. De maneira geral, destacou-se também o dispêndio energético de 66,33% de energia do tipo direta com destaque para a fonte biológica em 51,80%, sendo as formas de energia contidas nas mudas e na mão-de-obra responsáveis por 50% e 1,8% da participação, respectivamente...
Motivated by the international interest in alcohol fuel (ethanol) and with internal growing demand, the sugar-alcohol sector is in imminent expansion, both new produtive units and acquition and fusion. This scene has expanded cultivated area. The main objectives of this work were to proceed the culture energetic analysis and make prime cost on manual cutting conditions with previous straw burning and mechanic cutting without cane plantation burning between 2001 and 2006. The work was achieved at a cane and alcohol factory in the country of the state of São Paulo, considered medium productivity and with the use of better production techniques. It was here included the ground preparing, plantation, culture treatment and five crops. On energetic consumption, energy input and output were quantified, determining culture efficiency of a whole cycle on sugar cane production. The results showed, to burned cane, a dependency of 66,33% of direct type energy with great attention to biological source 51,80%, being energy kinds contained in seedling and workmanship responsible for 50% and 1,8% respectively. In general terms, energetic consumption detached due to fertilizing representing 29,65% and fossil fuel, 14,25%. The liquid energy found on this system was 2.030.792,97 MJ/ha with culture efficiency of 20,90. On no-burning crop system, a dependency of energy equivalent to 71,77% was established. The participation of biological sources also stood out in the interior...(Complete abstract, click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Cana-de-açúcar, Solos - Preparo, Agricultura – Custos, Produtividade agrícola, Sugar cane, Energetic valuation, Prime cost

Como citar

VIEIRA, Gilberto. Avaliação energética e custo de produção da cana–de açúcar (Saccharum) do preparo de solo ao 5ºcorte. 2007. xiii, 104 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2007.