Características produtivas e reprodutivas em rebanhos bovinos leiteiros na região de Dracena/SP e municípios vizinhos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho apresentado em evento

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Atualmente o Brasil compreende 5 milhões de estabelecimentos rurais sendo 1,3 milhões produtores de leite, estimulados pela renda mensal garantida. Tal setor representa grande importância econômica e social para o país. Foram avaliados 35 estabelecimentos rurais pertencentes aos municípios de Dracena, Pacaembu, Flora Rica, Irapuru e Junqueirópolis, totalizando 3.214 animais avaliados, sendo a raça predominante a Girolanda. Objetivou-se com o presente estudo avaliar as características produtivas e reprodutivas em rebanhos bovinos leiteiros na região de Dracena/SP e municípios vizinhos. Observou-se que 82,7% das propriedades possuíam até 75 hectares de área destinados a produção de leite, sendo todas com sistema extensivo e 48,56% com sombreamento adequado. Foram observadas as pastagens: Brachiaria brizantha, Brachiaria decumbens, Mombaça e Tifton 85, dentre estas 80% possuíam rotação das pastagens e 37,14% piquetes irrigados. Cerca de 57,14% dos estabelecimentos ofereciam suplementação concentrada em quantidade estimada pelo nível de produção de leite durante a ordenha. A ordenha mecânica era utilizada em 82,85% das propriedades e 71,14% realizavam duas ordenhas diárias. Com relação à sanidade dos animais, 54,28% das propriedades realizavam exame de Brucelose e Tuberculose, e destas apenas 20% faziam a vacinação nas bezerras. Quanto à higiene da ordenha 37,14% das propriedades foi considerada razoável. O sistema de acasalamento mais utilizado é a Inseminação artificial convencional (54,24%), seguido de monta natural (17,14%), inseminação artificial em tempo fixo - IATF (14,28%) e protocolo hormonal mais monta natural (11,42%), dentre as propriedades que faziam inseminação convencional e IATF, 31,42% utilizavam sêmen sexado. Uma das formas de avaliar o índice reprodutivo é a porcentagem de intervalos entre partos maiores que 14 meses, sendo observado em 25,72% dos estabelecimentos. O tipo de mão-de-obra predominante é o estritamente familiar observada em 68,57% das propriedades, 60% não recebiam assistência técnica e 77,14% não realizam escrituração zootécnica. Concluiu-se que os produtores de Dracena/SP e municípios vizinhos carecem de informação e assistência técnica, e incentivo dos laticínios através da remuneração pela qualidade do leite.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

CONGRESSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA, 7., 2013, Águas de Lindólia. Anais... São Paulo: PROEX; UNESP, 2013, p. 09661

Itens relacionados

Financiadores