Estudo meta-analítico de mananoligossacarídeos como aditivo melhorador de desempenho para frangos de corte

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-07-10

Autores

Braga, Fernanda da Silva Costa

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Os mananoligossacarídeos (MOS) mantém um balanço adequado da microbiota do trato gastrointestinal de frangos de corte reduzindo a carga de bactérias patogênicas e aumentando as bactérias desejáveis. Portanto, o MOS pode ser utilizado para incrementar o desempenho de frangos de corte auxiliando principalmente na saúde intestinal. Entretanto, os experimentos que avaliam MOS possuem grande heterogeneidade entre si, com relevantes diferenças nas condições experimentais, dificultando a interpretação global dos resultados a partir de estudos singulares. A meta-análise se caracteriza como uma ferramenta adequada para organizar e compilar informações, gerando conclusões robustas que consideram as diversas condições dos experimentos primários. Portanto, nesse estudo o objetivo foi desenvolver uma meta-análise para avaliar a eficácia da utilização de MOS como melhorador de desempenho para frangos de corte. Para esse fim, uma revisão sistemática foi realizada, seguida de análises quantitativas com critérios fundamentados nos conceitos estatísticos adotados na experimentação animal. A busca digital de trabalhos foi realizada na Scopus, Web of Science e PUBMED por meio das palavras “broiler”, “mannanoligosaccharide” e “performance”, e seus sinônimos, com filtro de publicações para os últimos 6 anos (2016 a 2022). Foram selecionados artigos descrevendo experimentos in vivo com suplementação de MOS para frangos de corte com respostas de desempenho. Ao todo, foram selecionados 42 estudos para a realização desta meta-análise. A análise estatística foi realizada por meio do software SAS OnDemand (2021). Foi utilizado um modelo misto (MIXED), no qual o efeito de cada experimento foi considerado como uma variável classificatória de efeito aleatório. Diferentes pesos foram dados aos experimentos, considerando o efeito intra-experimental, utilizando o erro padrão invertido. A idade média das aves dentro de cada período de avaliação e a duração (idade final – idade inicial) foram usadas no modelo como covariáveis de efeito fixo. O MOS aumentou as variáveis de ganho de peso (P= 0,024), consumo de ração (P<0,001) e conversão alimentar (P=0,001) com relação ao grupo controle. Na regressão linear, o MOS apresentou um ganho de peso superior, de 3,458g, em relação ao controle. Na regressão quadrática apenas o grupo com MOS foi significativo, apresentando uma conversão alimentar de 0,0417g por dia. A variação do consumo de ração (ΔADFI) apresentou influência linear na variação do ganho de peso (ΔADG) aumentando 0,53% a cada 1% de aumento no ΔADFI. Em conclusão, o MOS pode ser utilizado como aditivo melhorador de desempenho em dietas de frangos de corte.
Mananoligosaccharides (MOS) maintain a balanced microbiota in the gastrointestinal tract of broiler chickens, reducing the load of pathogenic bacteria and increasing desirable bacteria. Therefore, MOS can be used to enhance the performance of broiler chickens, particularly by promoting intestinal health. However, experiments evaluating MOS exhibit significant heterogeneity, with notable differences in experimental conditions, making it challenging to interpret the overall results from individual studies. Meta-analysis is characterized as an adequate tool to organize and compile information, generating robust data that consider the different conditions of the primary experiments. Therefore, in this study, the objective was to develop a meta-analysis to evaluate the effectiveness of using MOS as a performance enhancer for broiler chickens. For this purpose, a systematic review was carried out, followed by quantitative analyzes with criteria based on the statistical concepts adopted in animal experimentation. The digital search for papers was carried out in Scopus, Web of Science and PUBMED using the words “broiler”, “mannanoligosaccharide” and “performance”, and their synonyms, with a filter of publications for the last 6 years (2016 to 2022). Articles describing in vivo experiments with MOS supplementation for broiler chickens with performance responses were selected. In all, 42 studies were selected for this meta-analysis. Statistical analysis was performed using the SAS OnDemand (2021) software. A mixed model was used (MIXED), in which the effect of each experiment was considered as a random effect classification variable. Different weights were given to the experiments, considering the intraexperimental effect, using the inverted standard error. The average age of the birds within each evaluation period and the duration (final age – initial age) were used in the model as fixed effect covariates. MOS increased weight gain (P= 0.024), feed intake (P<0.001) and feed conversion (P=0.001) in relation to the control group. In the linear regression, the MOS presented a weight gain greater than 3,458g in relation to the control. In quadratic regression, only the group with SOM was significant, with a feed conversion of 0.0417g per day. The variation in feed intake (ΔADFI) showed a linear influence on the variation in weight gain (ΔADG) increasing by 0.53% for each 1% increase in ΔADFI. In conclusion, MOS can be used as a performanceenhancing additive in broiler diets.

Descrição

Palavras-chave

desempenho, frango, mananoligossacarídeo, meta-análise, revisão, broiler, mannanoligosaccharide, meta-analysis, performance, review

Como citar