Potássio lixiviado da palha de aveia-preta e milheto após a dessecação química

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-08-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O objetivo deste trabalho foi avaliar a lixiviação de K da palha de aveia-preta (Avena strigosa) e de milheto (Pennisetum glaucum), utilizando-se chuva simulada em diferentes períodos após a dessecação química. As plantas foram cultivadas em vasos, e aos 50 dias da emergência foram manejadas com herbicida e submetidas à chuva simulada de 5 e 10 mm, aos 3, 6, 9, 12 e 15 dias após a dessecação (DAD). A quantidade de K lixiviado das palhas, considerando uma quantidade de palha equivalente a 8,0 t ha-1 de matéria seca, aumentou à medida que o estado de senescência das plantas evoluiu após a dessecação. Com a aplicação de 10 mm de chuva aos 15 DAD, a palha de aveia-preta disponibilizou, aproximadamente, 11,1 kg ha-1 de K. A água da chuva extrai maior quantidade de K da palha de aveia-preta em relação à palha de milheto, tanto com a lâmina de 5 mm como de 10 mm, e essas diferenças são maiores de acordo com o estado avançado de desidratação do material vegetal.

Resumo (inglês)

Potassium leaching from black oat (Avena strigosa) and pearl millet (Pennisetum glaucum) straw as affected by simulated rainfall at different moments after chemical desiccation was evaluated. Cover crops were grown in pots, in Botucatu, State of São Paulo, Brazil. Fifty days after emergence, plants were sprayed with herbicide. Three, 6, 9 and 15 days after the desiccation the straw received simulated rains corresponding to 5 and 10 mm, considering a mulch of 8 t ha-1. The amount of K leached from plant residues increased after the desiccation. Fifteen days after the desiccation, a rainfall of 10 mm leached 11.1 kg ha-1 of K. The higher potential of black oat straw to leach K was observed with 10 mm of rain. The amount of K released by rains from black oat straw is greater from the pearl millet with 5 and 10 mm, and this difference increases according to the loss of water of the tissues.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Pesquisa Agropecuária Brasileira. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Informação TecnológicaPesquisa Agropecuária Brasileira, v. 42, n. 8, p. 1169-1175, 2007.

Itens relacionados

Financiadores