Congo grass grown in rotation with soybean affects phosphorus bound to soil carbon

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014-06-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira de Ciência do Solo

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

The phosphorus supply to crops in tropical soils is deficient due to its somewhat insoluble nature in soil, and addition of P fertilizers has been necessary to achieve high yields. The objective of this study was to examine the mechanisms through which a cover crop (Congo grass - Brachiaria ruziziensis) in rotation with soybean can enhance soil and fertilizer P availability using long-term field trials and laboratory chemical fractionation approaches. The experimental field had been cropped to soybean in rotation with several species under no-till for six years. An application rate of no P or 240 kg ha-1 of P2O5 had been applied as triple superphosphate or as Arad rock phosphate. In April 2009, once more 0.0 or 80.0 kg ha-1 of P2O5 was applied to the same plots when Congo grass was planted. In November 2009, after Congo grass desiccation, soil samples were taken from the 0-5 and 5-10 cm depth layer and soil P was fractionated. Soil-available P increased to the depth of 10 cm through growing Congo grass when P fertilizers were applied. The C:P ratio was also increased by the cover crop. Congo grass cultivation increased P content in the soil humic fraction to the depth of 10 cm. Congo grass increases soil P availability by preventing fertilizer from being adsorbed and by increasing soil organic P.

Resumo (português)

O fornecimento de P para as culturas em solos tropicais é deficiente em razão da sua natureza pouco solúvel no solo; e a adição de fertilizantes fosfatados é necessária para obter-se alta produtividade. O objetivo deste estudo foi examinar os mecanismos pelos quais uma planta de cobertura (Braquiária - Brachiaria ruziziensis) cultivada em rotação com soja pode melhorar a disponibilidade do P de fertilizantes e do solo, utilizando ensaios de campo de longo prazo e abordagens de laboratório com fracionamento químico do P. O campo experimental vinha sendo cultivado com soja em rotação com diversas espécies sob semeadura direta há seis anos. Doses de 0 ou 240 kg ha-1 de P2O5, como superfosfato triplo ou fosfato reativo de Arad, haviam sido aplicadas. Em abril de 2009, foram aplicados novamente 0 e 80 kg ha-1 de P2O5, às mesmas parcelas, quando foi semeada B. ruziziensis. Em novembro de 2009, após a dessecação da braquiária, amostras de solo foram coletadas nas camadas de 0-5 e 5-10 cm, e o P foi fracionado. O P disponível do solo aumentou em profundidade com o cultivo de B. ruziziensis na presença de fertilizantes fosfatados. A relação C/P também foi aumentada pela planta de cobertura. O cultivo de B. ruziziensis elevou os teores de P na fração húmica do solo. A B. ruziziensis aumenta a disponibilidade de P no solo por prevenir a fixação do P aplicado como fertilizante e manter o P em formas orgânicas.

Descrição

Idioma

Inglês

Como citar

Revista Brasileira de Ciência do Solo. Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, v. 38, n. 3, p. 888-895, 2014.

Itens relacionados