Parasitological characteristics and tissue response in the abomasum of sheep infected with Haemonchus spp.

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2000-10-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Realizou-se um estudo histopatológico da mucosa do abomaso de 40 cordeiros da raça Corriedale, expostos à infecção natural por Haemonchus spp. Os cordeiros foram colocados em pastagens contaminadas por 14 dias e após 28 dias de estabulação foram necropsiados. Por ocasião da necropsia, foram colhidas amostras de fezes para a realização da contagem de ovos por grama de fezes (OPG) e amostras do abomaso para exame histopatológico e contagem do número de eosinófilos, mastócitos e leucócitos globulares. O número de Haemonchus spp. presente no abomaso foi estimado a partir de uma alíquota de 10% do conteúdo. O número de ovos por fêmea foi estimado em 10 fêmeas de Haemonchus spp. colhidas de cada animal. Coeficientes de correlação significativos entre as características analisadas foram: número de Haemonchus e contagem de OPG (r = 0,86); comprimento de fêmeas e número de ovos por fêmea (r = 0,60); comprimento de fêmeas e contagem de OPG (r = 0,53); número de eosinófilos e número de Haemonchus (r = 0,48); número de eosinófilos e número de leucócitos globulares (r = 0,54); número de mastócitos e comprimento de fêmeas (r = -0,39) e número de mastócitos e número de leucócitos globulares (r = 0,34). Das características analisadas a que apresentou maior correlação com a carga parasitária dos animais foi a contagem de OPG.

Resumo (inglês)

A histopathological study was conducted on the abomasal mucosa of 40 Corriedale sheep exposed to natural infection with Haemonchus spp. The sheep were allowed to graze on contaminated pastures for 14 days and, after being housed for 28 days, they were slaughtered. Fecal samples were collected for fecal egg counts (FEC) and abomasum samples were obtained for histopathological examination and eosinophil, mast cell and globule leucocyte counts. The number of Haemonchus spp. present in the abomasum was estimated from a 10% aliquot of its content. The number of eggs per female was estimated for 10 Haemonchus spp. females collected from each animal. The following significant correlation coefficients were obtained between the characteristics analyzed: number of Haemonchus and FEC (r = 0.86), female length and number of eggs per female (r = 0.60), female length and FEC (r = 0.53), number of eosinophils and number of Haemonchus (r = 0.48), number of eosinophils and number of globule leucocytes (r = 0.54), number of mast cells and female length (r = -0.39), and number of mast cells and number of globule leucocyte (r = 0.34). The characteristics that showed the highest correlation with animal load was FEC.

Descrição

Idioma

Inglês

Como citar

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia. Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária, v. 52, n. 5, p. 447-452, 2000.

Itens relacionados

Financiadores