Degradação ambiental e qualidade de vida na microbacia do Córrego do Gramado – Presidente Prudente/São Paulo

dc.contributor.advisorLeal, Antonio Cezar [UNESP]
dc.contributor.authorMaracci, Juliana Graciella Pinto [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2015-03-23T15:21:55Z
dc.date.available2015-03-23T15:21:55Z
dc.date.issued2010
dc.description.abstractThe late industrialization, together with other factors, ended up directing much of the rural population to cities, without adequate planning, resulting in high density and irregular settlements in risk areas to low-income population. The man settled in the urban site to break environmental laws that eventually causing an imbalance in the natural environment, causing or exacerbating the shortage in availability of water resources. This situation also happened in Presidente Prudente, especially in the east, the focus of this research. Therefore, this study aims to understand the causes of degradation of waterways in urban areas, focusing on society's relationship with nature and its consequences on environmental quality and quality of life of urban population located in the watershed of stream of Gramado, Presidente Prudente - São Paulo. In this catchment there is the irregular deposition of solid waste in the valley, remnants of old pollution release of domestic sewage and industrial (currently collected and intended for treatment), accelerated processes of erosion in some areas of intensive use of the relief and consequently, the bed siltation of streams that are part of the basin. The quality of urban life was seen through socioeconomic and environmental indicators, which were identified through questionnaires to residents, according to local residence in the landscape, divided into three segments: the tops 60 residents, 90 residents and 112 residents in the areas in valley bottoms. With these data we can relate them to the degradation of the basin and aggregate them to the quality of life of residents. Field studies were needed to visualize the changes that occurred in the watershed over the past three years, with the implementation of works aimed at improvements to the community as the conduit stream of Gramado and construction and operation of Sewage Pumping Stations... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.abstractA industrialização tardia, conjuntamente a outros fatores, acabou direcionando grande parte da população rural para as cidades, sem planejamento adequado, resultando no adensamento populacional e a ocupação irregular em áreas de risco para a população de baixa renda. O homem se estabeleceu no sitio urbano desrespeitando as leis ambientais o que acabou provocando um desequilíbrio natural no ambiente, gerando ou agravando a escassez na disponibilidade dos recursos hídricos. Essa situação também aconteceu em Presidente Prudente, notadamente na zona leste, foco desta pesquisa. Nesse contexto, este estudo tem como objetivo entender as causas de degradação dos cursos d’água no meio urbano, tendo como foco a relação da sociedade com a natureza e seus desdobramentos na qualidade ambiental e qualidade de vida da população urbana localizada na bacia hidrográfica do córrego do Gramado, em Presidente Prudente – São Paulo. Nesta bacia hidrográfica verifica-se a deposição irregular de resíduos sólidos nos fundos de vale, resquícios de poluição do antigo lançamento de esgoto doméstico e industrial (atualmente coletados e destinados para tratamento), processos acelerados de erosão em alguns pontos de uso intensivo do relevo e, conseqüentemente, assoreamento do leito dos córregos que integram a bacia. A qualidade de vida urbana foi constatada por meio de indicadores socioeconômicos e ambientais, que foram identificados através de questionários aplicados aos moradores, segundo locais da residência no relevo, subdivididos em três segmentos: 60 residentes nos topos, 90 residentes nas vertentes e 112 residentes nos fundos de vale. Com os dados coletados pudemos relacioná-los à degradação da bacia e agregá-los à qualidade de vida dos moradores. Os trabalhos de campo foram necessários para visualizar as mudanças que ocorreram na microbacia nesses... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo)pt
dc.identifier.aleph000640387
dc.identifier.citationMARACCI, Juliana Graciella Pinto. Degradação ambiental e qualidade de vida na microbacia do Córrego do Gramado – Presidente Prudente/São Paulo. 2010. 1 CD-ROM. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Geografia) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2010.
dc.identifier.filemaracci_jgp_tcc_prud.pdf
dc.identifier.lattes0761968373272452
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/119801
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectGeografiapt
dc.subjectDegradação ambientalpt
dc.subjectMicrobacias Hidrográficaspt
dc.subjectQualidade de vidapt
dc.subjectPolítica ambientalpt
dc.subjectCórrego do Gramado (Presidente Prudente/SP)pt
dc.subjectEnvironmental Degradationen
dc.subjectMicrobasinen
dc.subjectQuality of Lifeen
dc.subjectStream of Gramadoen
dc.subjectEnvironmental Planningen
dc.titleDegradação ambiental e qualidade de vida na microbacia do Córrego do Gramado – Presidente Prudente/São Paulopt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
unesp.advisor.lattes0761968373272452[1]
unesp.advisor.orcid0000-0002-7962-518X[1]
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Tecnologia, Presidente Prudentept
unesp.undergraduateGeografia - FCTpt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
maracci_jgp_tcc_prud.pdf
Tamanho:
1.91 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format