A biblioteca da Fazenda Pinhal e o universo de leitura na passagem do século XIX para o século XX

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2002

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Estudo sobre uma biblioteca particular pertencente a várias gerações da família do Conde do Pinhal, um eminente político e empresário da segunda metade do século XIX, ligado à fundação e desenvolvimento da cidade de São Carlos, interior do Estado de São Paulo. A pesquisa tem como objetivos levantar os aspectos culturais e históricos que proporcionaram o aparecimento e a preservação da coleção; identificar as práticas de leitura da família Botelho e verificar a coincidência entre o acervo e os padrões culturais da época. A partir da fundamentação teórica da História da Leitura, a pesquisa baseia-se no levantamento, caracterização e análise dos itens que compõem a biblioteca, no que diz respeito aos seus aspectos físicos e temáticos. Entrevistas com descendentes e análise de documentos da família complementam os dados. Os resultados revelaram que o acervo da atual biblioteca foi construído em duas vertentes. Uma da época do Conde e dos seus primeiros descendentes, cujos vestígios são visíveis, mas que ao longo dos anos perderam-se em parte. A outra foi obtida através da reconstrução da biblioteca que existiu, a partir de idéias, notícias e o imaginário atual sobre o que teria sido um acervo da passagem do século XIX para o século XX. Através das temáticas abrangidas pelo acervo, verifica-se que os Botelho, seguindo a tendência elitista da época, valorizavam a cultura européia, principalmente a francesa. As temáticas ‘viagens’, ‘história’ e ‘exotismo’ em relação ao Brasil são bastante privilegiadas no acervo. A coleção evidencia ainda a mudança das preferências de leitura ao longo das gerações, como por exemplo, da predominância das ciências humanas para a inclusão de obras de ciências exatas. Há também algumas obras especiais com dedicatórias e em primeiras edições.
Studies the history of a private library owned by many generations of the family of the Count of Pinhal, an eminent politician and businessman who lived in the second half of the XIX century and who had an important role in the foundation and development of the city of S. Carlos in the countryside of S. Paulo State. The objectives include analysis of the cultural aspects which determined the beginning of the collection and its preservation; identifying the reading practices of the Botelho which may represent the readers of the rural aristocracy in the Brazilian period of the move from monarchy to republic, and verifying the congruences between the collection and the cultural patterns of that time. Founded on historical theories of reading, the research carries out a physical and thematic analysis and characterization of the items of the library. Interviews with members of the family furnished additional data. Results revealed that the collection which form the library today presents two sections based on two historical moments. One of the time in which the Count and his immediate descendents still lived, whose vestiges are visible, although part of it has been lost through the years. The other was obtained by means of the reconstruction of the first library, based on ideas, on information, and on the present beliefs about what a collection of the threshold of the twentieth century must have been like. From the analysis of the themes covered by the collection, it was verified that the Botelho, following the elitist tendencies of the time, valued the european culture, mainly the french culture. As to the themes related to Brazil, the most frequent were “traveling”, “history” and “exoticism”. The collection also reveals reading preference shifts through time, as for example, from the predominance of human sciences to hard sciences. There are also some special first edition books with notes from authors.

Descrição

Palavras-chave

Leitura - Biblioteconomia, Preservação e memória - Acervos, Bibliotecas particulares, Private library, History-Brazil - XIXth century

Como citar

CASARIN, Helen de Castro Silva. A biblioteca da Fazenda Pinhal e o universo de leitura na passagem do século XIX para o século XX. 2002. 252 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras, 2002.