Aspectos estruturais do hepatopâncreas, desenvolvimento ovocitário e caracterização hormonal de fêmeas de Macrobrachium amazonicum durante as fases de maturação gonadal

dc.contributor.advisorVicentini, Irene Bastos Franceschini [UNESP]
dc.contributor.authorRibeiro, Karina [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-06-11T19:30:30Z
dc.date.available2014-06-11T19:30:30Z
dc.date.issued2006-09-29
dc.description.abstractO presente trabalho realizou o estudo dos aspectos estruturais do hepatopâncreas, ovários e da caracterização hormonal de fêmeas de Macrobrachium amazonicum, nos diferentes estágios de maturação gonadal. Para tanto utilizaram-se 150 fêmeas adultas subdivididas entre os cinco diferentes estágios de maturação ovariana. Após serem capturados os animais foram pesados e mortos por choque térmico. Ovários e hepatopâncreas foram coletados e pesados individualmente para obtenção dos índices gonadossomático (IGS) e hepatossomático (IHS). Para as análises de microscopia de luz e eletrônica de transmissão, ovários e hepatopâncreas foram fixados em solução de Karnovsky e seguiram os procedimentos de rotina de inclusão. Os ovários, hepatopâncreas e hemolinfa destinados à quantificação hormonal foram armazenados em ependorfes e preservados em nitrogênio líquido a -70ºC, para posterior processamento de radioimunoensaio visando avaliação das concentrações de estradiol, progesterona e testosterona. Os resultados relacionados ao IGS e IHS demonstram uma correlação inversa entre os ovários e o hepatopâncreas nos diferentes estágios de maturação gonadal. Em relação ao desenvolvimento ovariano, observa-se a distribuição de cinco tipos celulares ao longo dos cinco estágios de maturação gonadal. Desta forma encontram-se as ovogônias ou células germinativas mais jovens no estágio I de maturação ovariana. As células pré-vitelogênicas, observadas a partir do estágio II, apresentam vesículas de retículo endoplasmático rugoso. Essas vesículas são importantes nas fases de vitelogênese endógena e exógena. Os ovócitos em vitelogênese inicial, característicos do estágio III, apresentam a deposição de vitelo endógeno. As células em vitelogênese avançada, próprias do estágio IV de maturação gonadal, são o alvo principal da vitelogênese...pt
dc.description.abstractThis study described the structural aspects of the hepatopancreas and ovaries, and the hormonal features of females of the freshwater prawn Macrobrachium amazonicum, during the reproductive cycle. The specimens were captured and killed by thermic chock. The gonadosomatic (GSI) and hepatosomatic (HSI) indices were calculated as the percentage of the weight of the gonad and hepatopancreas to total body weight, respectively. Ovaries and hepatopancreas were fixed in Karnovsky solution and destined to light and ultrastructural microscopy studies. Small portions of the ovary, hepatopancreas and hemolymph were frozen in liquid nitrogen, for later steroid quantification (estradiol, progesterone and testosterone). The relationships between GSI and HSI demonstrate an inverse correlation between ovary and hepatopancreas during the maturation cycle. The oocytes distribution is variable depending on the ovarian maturation degree. The ovary in stage I consists of oogonia. The ovary in stage II consists mainly by previtellogenic oocytes that possess vesicles of the endoplasmic reticulum. These vesicles are important to endogenous and exogenous vitelogenesis. Initial vitellogenic oocytes are mainly observed in the ovary in stage III and possess vitelline reserve, called as endogenous vitelogenesis. Ovary in stage IV is composed of late vitellogenic oocytes that uptake exogenous vitellogenin. Mature oocytes present a corion formation. The hepatopancreas is composed by tubules that are lined by a pseudostratified epithelium, which consists of five cell types, identified as E (embryonic), F (fibrillar), B (blisterlike), R (resorptive) and M (basal). These cells present relationships with digestion and nutrient storage, which are very important for the reproductive processes ...(Complete abstract, click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.format.extentvi, 87 f.
dc.identifier.aleph000541235
dc.identifier.capes33004102049P7
dc.identifier.citationRIBEIRO, Karina. Aspectos estruturais do hepatopâncreas, desenvolvimento ovocitário e caracterização hormonal de fêmeas de Macrobrachium amazonicum durante as fases de maturação gonadal. 2006. vi, 87 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Centro de Aqüicultura, 2006.
dc.identifier.fileribeiro_k_dr_jabo.pdf
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/100196
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectMacrobrachiumpt
dc.subjectCamarão de agua docept
dc.subjectCiclo reprodutivopt
dc.subjectMacrobrachium amazonicumen
dc.subjectStructureen
dc.subjectOvaryen
dc.subjectHepatopancreasen
dc.subjectSteroidsen
dc.subjectReproductive cycleen
dc.titleAspectos estruturais do hepatopâncreas, desenvolvimento ovocitário e caracterização hormonal de fêmeas de Macrobrachium amazonicum durante as fases de maturação gonadalpt
dc.typeTese de doutorado
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
unesp.graduateProgramAquicultura - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaAquiculturapt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
ribeiro_k_dr_jabo.pdf
Tamanho:
855.57 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format