Avaliação clínica, microbiológica, imunológica e genética em pacientes com implantes osseointegrados

dc.contributor.advisorGalli, Glória Maria de Azevedo Thompson [UNESP]
dc.contributor.advisorMarcantonio, Rosemary Adriana Chierici [UNESP]
dc.contributor.advisorMarcantonio Junior, Elcio [UNESP]
dc.contributor.authorMelo, Rafaela Fernanda [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-06-11T19:33:27Z
dc.date.available2014-06-11T19:33:27Z
dc.date.issued2009-09-16
dc.description.abstractO objetivo deste estudo foi o de avaliar possíveis interações clínicas, microbiológicas, imunológicas e genéticas que possam influenciar o sucesso de implantes osseointegrados. Foram avaliados 47 implantes, em 47 pacientes, sendo 31 em condições de saúde (G I) e 16 com perimplantite (G II) e 47 dentes, dos quais 31 estavam sadios e eram dos pacientes com implantes sadios (G III) e 16 dentes sadios dos pacientes com perimplantite (G IV). Foi realizado exame clínico completo em todos os implantes e dentes selecionados. Amostras de fluido crevicular perimplantar/gengival do sítio com maior profundidade de sondagem foram coletadas. A avaliação das bactérias A. actinomycetemcomitans, P. gingivalis, P. intermedia, P. nigrescens e T. forsythia foi realizada pela técnica de PCR e, a quantificação das citocinas IL-1β e IL-6 foi realizada pelo teste ELISA. Células da mucosa bucal foram coletadas para avaliação dos polimorfismos IL1B+3954, IL1B-511 e IL6-174. A avaliação estatística dos parâmetros clínicos SS, SUP, PS e NI revelaram que os implantes do grupo G II apresentaram piores condições clínicas em comparação ao grupo G I. O grupo G II também apresentou piores condições clínicas que o grupo G IV para PS e NI. A análise microbiológica revelou que a bactéria A. actinomcetemycomitans não estava presente em nenhum sítio avaliado. P. intermedia também não foi encontrada no grupo G II. As bactérias estudadas apresentaram proporções semelhantes em todos os grupos avaliados, não havendo diferença entre os grupos. Na análise da concentração de IL-1β e IL-6, não houve diferenças significativas entre os grupos. A população estudada está em Equilíbrio de Hardy-Weinberg. Os polimorfismos estudados não demonstraram predominância dos alelos e dos genótipos. Nenhum polimorfismo foi associado à condição de doença.pt
dc.description.abstractThe aim of the present study was to evaluate clinical, microbiological, immunological and genetics parameters in patients with implant loaded at least for one year. It was examined 47 implants and teeth in 47 patients. Thirty one of those implants were healthy implants (G I), sixteen had peri-implantits (G II) and, 31 healthy teeth was from patients with healthy implants (G III) and 16 healthy teeth from patients with peri-implantits (G IV). Clinical parameters were recorded from all implants and teeth. Gingival crevicular fluid from the highest pocket depth was collected to evaluate the presence of A. actinomycetemcomitans, P. gingivalis, P. intermedia, P. nigrescens e T. ForsythiaI and to evaluate the concentration of interleukin-1β and interleukin-6. Cells from buccal mucosa were collected for genomic DNA extraction and analyze the polymorphism IL-1B +3954, IL-1B -511 e IL-6 -174. G II demonstrated worst results for PD, BPD, Sup and NI when compared to G I and, when compared with G IV it was worst for PD and NI. Microbiological did not detect A. actinomycetemcomitans in any of the sites analysed and, P. intermedia was not detected in G II. Bacteria analyzed was present in same proportion in all analyzed sites showing, no differences between groups. There was no difference in the concentration of IL-1β an IL-6 detected between groups. The population studied was in Hardy-Weinberg Equilibrium. There was no differences in the alleles and polymorphism distribution on the studied population.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent117 f. : il. color + anexo
dc.identifier.aleph000602411
dc.identifier.capes33004030059P1
dc.identifier.citationMELO, Rafaela Fernanda. Avaliação clínica, microbiológica, imunológica e genética em pacientes com implantes osseointegrados. 2009. 117 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de Araraquara, 2009.
dc.identifier.filemelo_rf_dr_arafo.pdf
dc.identifier.lattes3534044399884035
dc.identifier.lattes6100859465871929
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/104703
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectInterleucina-1pt
dc.subjectInterleucina-6pt
dc.subjectFluido do sulco gengivalpt
dc.subjectPolimorfismo genéticopt
dc.subjectInterleukin-1en
dc.subjectInterleukin-6en
dc.subjectGingival crevicular fluiden
dc.subjectPolymorphism geneticen
dc.titleAvaliação clínica, microbiológica, imunológica e genética em pacientes com implantes osseointegradospt
dc.typeTese de doutorado
unesp.author.lattes3534044399884035
unesp.author.lattes6100859465871929
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Odontologia, Araraquarapt
unesp.graduateProgramOdontologia - FOARpt
unesp.knowledgeAreaPeriodontiapt
unesp.researchAreaEtiopatogenia e Diagnóstico das Doenças Periodontais e Periimplantarespt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
melo_rf_dr_arafo.pdf
Tamanho:
592.16 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format