Uso e eficiência de recursos naturais no cultivo de peixes, camarões e vegetais

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-07-27

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente estudo teve como objetivo avaliar o uso e a eficiência dos recursos naturais na produção de peixes, camarões e vegetais em um sistema de integração aquicultura-agricultura (IAA). No primeiro capítulo avaliamos o desempenho zootécnico e qualidade da água no sistema integrado do lambari-do-rabo-amarelo (Astyanax lacustris), camarão-da-malásia (Macrobrachium rosenbergii) e curimbatá (Prochilodus lineatus). No segundo capítulo avaliamos a sustentabilidade ambiental dos cultivos integrados com duas e três espécies. No terceiro capítulo, após o período de cultivo os viveiros foram drenados e secos para coleta do sedimento dos viveiros de fundo natural para o plantio de cebolinha (Allium schoenoprasum), coentro (Coriandrum sativum), manjericão (Ocimun basilicum), orégano (Origanum vulgare) e salsinha (Petroselinum crispum). Antes do plantio, o sedimento passou por análise microbiológica para averiguar a existência de algum patógeno de risco para a saúde. Os resultados do primeiro experimento não mostraram diferença na qualidade da água entre os tratamentos, mas indicaram diferença no crescimento e produtividade do camarão-da-malásia, que foram menores no cultivo junto com o lambari e curimbatá. Apesar dessa diferença, esse tratamento mostrou uma boa produtividade total do sistema. O segundo estudo mostrou uma maior eficiência no uso de espaço e recursos no tratamento com três espécies, apenas no indicador de liberação de poluentes no sedimento que esse tratamento foi menos eficiente que o tratamento com as duas espécies (LP). Já o resultado do terceiro estudo mostrou diferenças nos valores de K, Ca, N e S. Entretanto, essas diferenças dos macronutrientes não afetaram o crescimento das plantas, sugerindo que o sedimento pode substituir o substrato comercial de forma similar ou superior.
The present research aimed to evaluate the use and efficiency of natural resources in the production of fish, prawns and vegetables in an integrated aquacultureagriculture (IAA) system. In the first study we evaluated the zootechnical performance and water quality in the integrated system of lambari (Astyanax lacustris), Giant river prawn (Macrobrachium rosenbergii) and curimbatá (Prochilodus lineatus). In the second study we evaluate the environmental sustainability of integrated systems with two and three species. In the third study after harvesting, the ponds were drained and dried to collect the sediment for planting chives (Allium schoenoprasum), coriander (Coriandrum sativum), basil (Ocimun basilicum), oregano (Origanum vulgare) and parsley (Petroselinum crispum). Before planting, the sediment was subjected to a microbiological analysis to verify the existence of any pathogen that poses a health risk. The results of the first experiment didn't show any difference in water quality between the treatments, but showed a difference in the zootechnical performance of the giant river prawn reared with lambari and curimbata. Despite of the individual difference, this treatment showed a good total productivity of the system. The second study showed greater efficiency in the use of space and resources in the treatment with three species, only in the indicator of pollutant release in the sediment that this treatment was less efficient than the treatment with two species (LP).The result of the third research showed differences in the values of K, Ca, N and S in the plants. However, these differences didn't affect plant growth and suggested that the sediment can replace the commercial substrate in a similar or superior way.

Descrição

Palavras-chave

Sustentabilidade, Aquicultura, Recursos naturais

Como citar

FRANCHINI, A. C. - Uso e eficiência de recursos naturais no cultivo de peixes, camarões e vegetais - 2023, 74f - Tese (Doutorado em Aquicultura) - Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal SP, 2023.