O conceito de organismo em uma abordagem hierárquica e sistêmica da biologia

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012

Autores

Meglhioratti, Fernanda Aparecida
El-Hani, Charbel Niño
Caldeira, Ana Maria de Andrade [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

Some authors have maintained that the concept of organism has lost, generally speaking, its role in Biology, due to the increasing emphasis on molecular aspects and the fact that the Darwinian evolutionary biology for a long time has not ascribed a clear explanatory role to the organism in its conceptual structure. However, the concept of organism can be regarded as being fundamental to the demarcation of Biology as an autonomous science, with its own research object. Seeking to contribute to the debate on the concept of organism, we discuss in this work how the organism can be conceived in a hierarchical and systemic approach to Biology, as an autonomous unit with the capacity of agency, collectively and evolutionarily constructed, and possessing properties that emerge at the organic level.
Alguns autores têm sustentado que o conceito de organismo, de forma geral, perdeu seu papel na Biologia, devido à crescente ênfase nos aspectos moleculares e ao fato de a biologia evolutiva darwinista não ter atribuído por um longo tempo um papel explicativo claro ao organismo em sua estrutura conceitual. Entretanto, o conceito de organismo pode ser considerado fundamental para a demarcação da Biologia como ciência autônoma e com objeto de pesquisa próprio. Buscando contribuir para o debate sobre o conceito de organismo, discutimos nesse trabalho como o organismo pode ser concebido em uma abordagem hierárquica e sistêmica da Biologia, como uma unidade autônoma, com capacidade de agência, coletiva e evolutivamente construída, e possuindo propriedades que emergem no nível orgânico.

Descrição

Palavras-chave

Autonomy, Biological hierarchy, Organism, Autonomia, Hierarquia biológica, Organismo

Como citar

Revista da Biologia, v. 9, n. 2, p. 7-11, 2012.