Escola, televisão e internet na modernidade reflexiva: um estudo sobre a estruturação social a partir dos jovens

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-02-24

Autores

Silva, Ana Paula [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Este trabalho tem como objetivo central contribuir para a compreensão dos impactos, limites e alcances de duas importantes instâncias socializadoras - a mídia e a escola – na vida social de jovens contemporâneos. Considerando-se que mídia e escola configuramse como fortes produtoras de atividades simbólicas, busca-se discutir suas distintas dinâmicas e temporalidades, a partir do ponto de vista dos jovens entrevistados, dos usos e sentidos por eles atribuídos a cada uma dessas instâncias. Partindo do pressuposto de que estes usos e sentidos estão diretamente relacionados ao lugar social dos jovens, e, por conseqüência, aos seus respectivos habitus, metodologicamente a pesquisa estruturou-se em trabalho de campo, contemplando observação do ambiente escolar e entrevistas com alunos e professores em três escolas situadas na cidade de Araraquara, configurando-se dois universos sócio-culturais bem diferenciados, ou duas modalidades de juventude, compartilhadoras de diferentes códigos culturais e detentoras de diferentes competências: uma freqüentadora de escola particular (oriundos do Colégio Neruda e do Colégio Progresso) e outra freqüentadora da Escola Pública (E.E. Victor Lacorte). Para tanto, ao lado das contribuições teóricas de Pierre Bourdieu (sobretudo com os conceitos de habitus, estilos de vida e capital simbólico), recorre-se ao arcabouço teórico desenvolvido por Anthony Giddens, lançando mão, principalmente, da noção de reflexividade e do conceito de dualidade da estrutura para a análise dos diferentes processos de construção de identidades, bem como da diversidade de usos e sentidos atribuídos aos conteúdos propiciados pela escola e pela mídia (televisão e internet) por parte dos dois grupos de jovens investigados. O trabalho de campo tem como finalidade a análise do momento de modernidade reflexiva...
This work is mainly aimed to contribute to the understanding of the impacts, limits and ranges of two socialized instances - the media and school – in the social life of contemporary youth. Considering that the media and school appear as strong producers of symbolic activities, we seek to discuss their different dynamics and temporalities, from the viewpoint of young interviewed, the uses and meanings they attributed to each of these instances. Assuming that these uses and meanings are directly related to the social position of young people and, consequently, their respective habitus, methodological research is structured in field work, covering the school environment observation and interviews with students and teachers in three schools located in the city of Araraquara, setting up two worlds and different socio-cultural, or two forms of youth, sharing different cultural codes and holding different skills: one who frequents a private school (from Progresso high school and Neruda high school) and someone else who frequents the Public School (Victor Lacorte Public school). To do so, alongside the theoretical contributions of Pierre Bourdieu (mainly with the concept of habitus, lifestyles and field), it resorts to the theoretical framework developed by Anthony Giddens, relying mainly on the notion of reflexivity and the notion of duality of structure for the analysis of the different processes of identity construction, as well as the variety of uses and meanings attributed to the content propitiated by the school and the media (television and Internet) by the two groups of young people surveyed. The field work aims to analyze the moment of reflexive modernity, which has its overthrows, its discontinuities produced by the media and also at the same time maintaining the traditions and processes with residual strength of sense, supported at times by school, family and religion

Descrição

Palavras-chave

Sociologia, Escolas - Aspectos sociais, Televisão, Internet, Jovens - Estruturação social, Modernidade reflexiva, School, Television, Reflexive modernity

Como citar

SILVA, Ana Paula. Escola, televisão e internet na modernidade reflexiva: um estudo sobre a estruturação social a partir dos jovens. 2011. 133 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, 2011.