Efeitos do eluato da superfície de ionômero de vidro pré-reagido (S-PRG) sobre biofilmes microcosmos orais

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-05-10

Autores

Namba, Andressa Mayumi

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Testar o eluato de S-PRG sobre biofilmes microcosmos supra-gengivais Material e Métodos: Foram coletadas amostras de biofilme supra-gengival de 3 indivíduos, com saúde bucal, para formação dos biofilmes microcosmos in vitro. Após 5 dias, os biofilmes foram tratados com S-PRG e analisados pela contagem de células viáveis (UFC/ml) em meios de cultura enriquecidos e seletivos. Os biofilmes também foram avaliados quanto a produção de ácido lático por teste enzimático. Os dados foram analisados por ANOVA e Tukey. Resultados: Os biofilmes dos 3 pacientes apresentaram contagens totais de microrganismos de 8 a 10 log, sendo principalmente estreptococos. Apenas os pacientes 1 e 3 tiveram crescimento de Streptococcus mutans e nenhum dos biofilmes apresentou lactobacilos e leveduras. O tratamento com eluato de S-PRG levou a reduções microbianas de 1,9 a 4,3 log quando comparado ao controle. Além disso, apresentou capacidade de inibir a produção de ácido lático dos biofilmes. Conclusão: Concluiu-se que o eluato de S- PRG demonstrou ação antimicrobiana sobre a microbiota complexa do biofilme supra- gengival, indicando seu potencial como enxaguatório bucal.
Testing the S-PRG eluate on supra-gingival microcosm biofilms. Material and Methods: Supra-gingival biofilm samples were collected from 3 individuals with good oral health to form in vitro microcosm biofilms. After 5 days, the biofilms were treated daily with S-PRG for 5 minutes and analyzed by viable cell counts (CFU/ml) in enriched and selective culture media. The biofilms were also evaluated for lactic acid production by enzymatic test. Data were analyzed by ANOVA and Tukey. Results: The biofilms of the 3 patients had total microbial counts of 8 to 10 log, mainly streptococci. Only patients 1 and 3 had growth of Streptococcus mutans, and none of the biofilms had lactobacilli or yeasts. Treatment with S-PRG eluate led to microbial reductions of 1.9 to 4.3 log when compared to control. Additionally, it showed the ability to inhibit lactic acid production of the biofilms. Conclusion: It was concluded that the S-PRG eluate demonstrated antimicrobial action on the complex microbiota of the supra-gingival biofilm, indicating its potential as a mouthwash.

Descrição

Palavras-chave

Biofilme, Enxaguatório bucal, Biofilm, Mouthwash

Como citar