Solado de calçados femininos para idosos: análises do coeficiente de atrito

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-07-23

Autores

Santos, Rosangela Monteiro dos

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O envelhecimento promove alterações nos sistemas anatômicos e na dinâmica da marcha que podem favorecer a ocorrência de quedas em idosos. Existe alta prevalência de quedas nesta população, e grande parte destas, são decorrentes a acidentes por escorregamentos. Uma possibilidade de intervir no fenômeno de escorregar é utilizar calçados com solados que oferecem maior coeficiente de atrito e sejam capazes de resistir a possíveis deslizamentos. Os objetivos desta pesquisa são: analisar o coeficiente de atrito e o índice de flexibilidade de solados de 12 modelos de calçados de passeio feminino (sapatos fechados e abertos) oferecidos pelo mercado e de 2 modelos desenvolvidos com materiais biodegradáveis (óleo de mamona e compósito de óleo de mamona e fibra de bambu) quanto às características do tipo de material e formato. Os ensaios de escorregamento dos solados que avaliam o coeficiente de atrito seguiram as normas do ensaio de escorregamento em piso cerâmico com solução detergente e ensaio de escorregamento em piso de aço com solução glicerol ABNT NBR ISO 20344:2015, 5.11 e ISO 13287:2012 em três situações (salto, plano e planta). Os ensaios de flexão da sola seguiram a (ABNT NBR ISO 20344:2015, 8.4.2) nos solados do pé direito e esquerdo. Todos os ensaios físicos foram realizados no Instituto de Pesquisa Tecnológica de SP (IPT) de Franca-SP. Constatou-se que os solados comercializados e o desenvolvido com óleo de mamona apresentam o mínimo de coeficiente de atrito estabelecido pela norma. Todos os solados analisados (comercializado e desenvolvido com materiais biodegradáveis) não atendem os parâmetros exigidos para o piso de aço com solução glicerol. O índice de flexibilidade dos solados é atendido apenas para os solados comercializados. Os dados mostraram que a presença de ressaltos com tamanhos e formas regulares e com linhas verticais aumentaram a efetividade dos materiais analisados frente aos padrões. O solado de óleo de mamona é o único material que apresenta propriedades físico mecânicas que não depende do desenho dos ressaltos para a adequação dos parâmetros das normas em relação aos ensaios de escorregamentos. Tais fatores favorecem a segurança ao andar em conjunto de calce e percepção de conforto dos calçados.
Aging promotes changes in anatomical systems and gait dynamics that can favor the occurrence of falls in the elderly. There is a high prevalence of falls in this population, and most of these are due to accidents related to slipping. One possibility of intervening in the phenomenon of slipping is to use shoes with soles that offer a higher friction coefficient. Based on these, the objectives of this research are: to analyze the friction coefficient and the flexibility index of soles of 12 footwear models for women (closed and open shoes) available in the market, and two models developed with biodegradable materials (castor oil and a composite of castor oil and bamboo fiber), as well as the material characteristics and shape. The slip tests to evaluate the friction coefficient followed the standards of the slip test on a ceramic floor with a detergent solution and the slip test on steel floor with solution glycerol (ABNT NBR ISO 20344:2015, 5.11 e ISO 13287:2012) in three situations (heel strike, foot flat and push off). The sole flexion tests followed (ABNT NBR ISO 20344: 2015, 8.4.2) on the right and left foot soles. All physical tests were performed at the Technological Research Institute of SP (IPT) in Franca-SP, Brazil. It was found that the soles sold and the one developed with castor oil have the minimum friction coefficient established by the standard. All the analyzed soles (commercialized and developed with biodegradable materials) do not meet the parameters required for the steel floor with glycerol solution. The flexibility index of the soles is met only for commercialized soles. The data showed that the presence of ridges with regular sizes and shapes and with vertical lines increased the effectiveness of the analyzed materials in relation to the patterns. The beaver oil sole is the only material that has physical and mechanical properties that does not depend on the design of the ridges for the adequacy of the standards parameters in relation to the slip tests. The characteristics described alongside the wedge analysis favor safety and perception of comfort.

Descrição

Palavras-chave

Quedas, Solados, Calçados femininos para idosos, Falls, Soles, Shoes old pear

Como citar