Efeitos da noradrenalina e dobutamina sobre a expansão volêmica com solução fisiológica e coelhos submetidos à hemorragia

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-02-25

Autores

Ramalho, Gualter Lisboa [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Introduction: the infusion of crystalloid solutions is a routine treatment in patients undergoing anesthesia and surgical procedures, especially in hemorrhagic conditions. However, the crystalloids present poor volemic expansion, remaining twenty percent or less of the total infused in the cardiovascular system after twenty minutes of infusion, leading to volume overload. In order to minimize the risk posed by this overload, vasoactive drugs with vasopressor and inotropic properties are commonly administered together with the infusion of volume expanders. Objectives: to verify the effects of dobutamine (DB), noradrenaline (NA) and their combination (NADB) on the expansion and the intravascular volume retention with saline solution in rabbits submitted to hemorrhage. Method: a total of 36 rabbits were randomly divided into six experimental groups: SHAM Group - animals submitted to the surgical procedure without hemorrhage or volume replacement. For the other groups, the animals were submitted to hemorrhage of 25% of volume with replacement with their own blood in the Control Group (CG) or, with saline solution in volume referring to three times the blood drawn from the other groups. In the NA Group, the noradrenaline, at a dose of 1,6 ug/kg/min, was associated with the infusion of saline solution (SS); in the DB Group, the dobutamine, at a dose of 10 ug/kg/min, was associated with the infusion of saline solution(SS); and in the NADB Group, the dobutamine and noradrenaline, at a dose of 1,6 ug/kg/min and at a dose of 10 ug/kg/min, respectively, were associated with the infusion of SS. During the experiment, the intravascular retention of crystalloid solution, diuresis, central venous pressure (CVP), mean arterial pressure (MAP), CPK-MB, NGAL, plasma lactate and dry and wet lung weight were monitored. Results: after the hemorrhage, the animals presented a significant decrease in the mean arterial pressure (MAP) which was maintained up to ...
Introdução: a infusão de soluções cristaloides é tratamento rotineiro em pacientes submetidos a procedimentos anestésico-cirúrgicos, principalmente nos estados hemorrágicos. Porém, os cristaloides apresentam pobre expansão volêmica, permanecendo vinte por cento ou menos do total infundido no sistema cardiovascular após vinte minutos da infusão, levando à sobrecarga de volume. Para minimizar o risco imposto por esta sobrecarga, fámacos vasoativos, com propriedades inotrópicas e vasopressoras, são comumente administrados juntamente com a infusão dos expansores volêmicos. Objetivos: verificar os efeitos da dobutamina (DB), da noradrenalina (NA) e da sua associação (NADB), sobre a expansão e a retenção volêmica intravascular com solução fisiológica em coelhos submetidos à hemorragia. Método: foram estudados 36 coelhos distribuídos aleatoriamente em seis grupos experimentais: Grupo SHAM - animais submetidos ao procedimento cirúrgico sem hemorragia ou reposição volêmica. Para os demais grupos, os animais foram submetidos à hemorragia de 25% da volemia com reposição com o próprio sangue no Grupo Controle (CR) ou, com solução fisiológica em volume três vezes o sangue retirado nos outros grupos. No Grupo NA, a noradrenalina, na dose de 1,6 ug/kg/min, foi associada à infusão de SF; no Grupo DB, a dobutamina, na dose de 10 ug/kg/min, foi associada à infusão de SF; e no Grupo NADB, foram associadas à infusão de SF, a dobutamina e noradrenalina nas doses de 1,6 ug/kg/min e de 10 ug/kg/min, respectivamente. Durante o experimento foram monitoradas a retenção intravascular da solução cristaloide, diurese, pressão venosa central (PVC), pressão arterial média (PAM), CPK-MB, NGAL, lactato plasmático e peso pulmonar seco e úmido. Resultados: após a hemorragia, os animais apresentaram queda importante da PAM que se manteve até a reposição volêmica. A reposição volêmica com SF associada às...

Descrição

Palavras-chave

Norepinefrina, Hemorragia, Catecolaminas, Coelho como animal de laboratorio, Anestesiologia, Anesthesiology

Como citar

RAMALHO, Gualter Lisboa. Efeitos da noradrenalina e dobutamina sobre a expansão volêmica com solução fisiológica e coelhos submetidos à hemorragia. 2015. 103 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2015.