Memórias docentes sobre o início da UNESP em Presidente Prudente: busca por meio de imagens (1975-1980)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014-10-31

Autores

Oliveira, Édison Trombeta de [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

This research, which is linked to the study line Formative process, difference and values, from the Postgraduate Program in Education, has as a main concern the idea that having a notion of the history of educational institution is an elemental factor to understand it as it is and problematize about its future. Conflicts that occurred in institutions can indicate its fundamental principles and assist in building the sense of belonging of its subjects. Thus, this dissertation aims at the historical reconstruction of the early (installation, permanence and consequences) of Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) in Presidente Prudente-SP, which occurred in 1976. Previously, the university campus was named Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), a Higher Education Institute Isolated (IIES, its Portuguese acronym), and came to possess Pedagogy, Social Sciences, Bachelor of Science, Geography and Mathematics courses. After installation of UNESP only the last two courses remained, some teachers were dismissed and others transferred. In order to get memories about this fact, we used the Oral History procedements combined with images of that period, then in a procedure known as Evocative Image of Memory. A specific objective of this research was to ask questions about this procedure. Nine teachers were listened, one could conclude that while most consider the process as traumatic, some saw on it an opportunity for learning and growth...
Vinculado à linha de pesquisa “Processos formativos, diferença e valores”, do Programa de Pós-Graduação em Educação, este trabalho traz como base que conhecer a história das instituições de ensino é um dos fatores fundantes para compreendê-la como ela é e problematizar a respeito de seu futuro. Os conflitos ocorridos podem indicar as razões de ser da instituição e a divulgação deles tende a auxiliar na construção do sentimento de pertencimento dos seus sujeitos. Assim, esta dissertação objetiva a reconstrução histórica do início (instalação, manifestação pela permanência e consequências) da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP) em Presidente Prudente-SP, ocorrida no ano de 1976. Antes, o campus da universidade era denominado Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), um Instituto Isolado de Ensino Superior (IIES), e chegou a possuir os cursos de Pedagogia, Ciências Sociais, Licenciatura em Ciências, Geografia e Matemática. Após a instalação da UNESP ficaram apenas os dois últimos, alguns docentes foram demitidos e outros transferidos de Unidade. A fim de se obter as memórias docentes sobre o fato foi utilizada a História Oral aliada à apresentação de imagens da época, em um procedimento então denominado Imagem como Evocadora da Memória. Um objetivo específico desta pesquisa foi problematizar a respeito deste procedimento. Ouvidos nove docentes, pôde-se depreender que enquanto a maioria considerou o processo como “traumático”, alguns viram aí uma oportunidade de aprendizado e crescimento. Não há consenso sobre como a notícia chegou a Presidente Prudente, no entanto há memórias semelhantes sobre um discurso combativo em uma colação de grau com a presença do reitor...

Descrição

Palavras-chave

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Faculdade de Ciências e Tecnologia, Educação, Ensino superior - História - Presidente Prudente (SP), Memoria, Education

Como citar

OLIVEIRA, Édison Trombeta de. Memórias docentes sobre o início da UNESP em Presidente Prudente: busca por meio de imagens (1975-1980). 2014. 202 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2014.