Exercício físico e satisfação com a vida de estudantes: uma revisão narrativa

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-12-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O conceito de satisfação é multidimensional e dinâmico, envolvendo uma análise cognitiva consciente das condições biopsicossociais individuais em comparação com um padrão estabelecido. A satisfação está intrinsicamente ligada ao bem-estar subjetivo, influenciado por fatores internos e externos. O exercício físico pode promover benefícios relacionados à saúde mental, e a prática pode estar associada a maior satisfação com a vida. O estímulo desde a infância para exercícios físicos aumenta a probabilidade de manter esse hábito na idade adulta, impactando positivamente na saúde mental e aspectos cognitivos a longo prazo. Estudantes universitários, sendo um grupo crucial na sociedade, enfrentam uma transição vital da vida acadêmica para a profissional. Demandas no período de graduação podem acarretar pressões e preocupações, impactando negativamente sua saúde mental. O objetivo principal é analisar como o exercício físico impacta a satisfação com a vida dos estudantes universitários, buscando correlações positivas entre a prática regular e melhorias na satisfação geral. O estudo adota uma abordagem de revisão narrativa de literatura, analisando 5 artigos selecionados de diversas bases de dados, com critérios de inclusão específicos. A amostra é composta por estudantes escolares e universitários, e a análise inclui a revisão de descobertas de diferentes estudos sobre a relação entre exercício físico e satisfação com a vida. Os resultados destacam que a prática regular de exercícios físicos está positivamente associada à satisfação com a vida dos estudantes universitários. Além disso, os artigos indicam que fatores como autoavaliação central, emoções positivas, autocontrole e necessidades de relacionamento e competência desempenham papéis mediadores nessa relação. Apesar da falta de evidências diretas em alguns estudos, a análise integrativa sugere que o exercício físico não apenas impacta diretamente na satisfação com a vida, mas também através de mecanismos mediadores complexos, como fatores psicológicos e emocionais. A pesquisa reforça a importância do exercício físico na promoção do bem-estar psicológico, indicando que estratégias nesse sentido podem gerar uma interação positiva na satisfação com a vida. No entanto, são necessárias mais pesquisas, especialmente intervenções específicas, para estabelecer causalidade e direcionar práticas mais personalizadas e eficazes.
The concept of satisfaction is multidimensional and dynamic, involving a conscious cognitive analysis of individual biopsychosocial conditions in comparison with an established standard. Satisfaction is intrinsically linked to subjective well-being, influenced by internal and external factors. Physical exercise can promote benefits related to mental health, and the practice may be associated with greater satisfaction with life. Encouraging physical exercise from childhood increases the likelihood of maintaining this habit into adulthood, positively impacting mental health and cognitive aspects in the long term. College students, being a crucial group in society, face a vital transition from academic to professional life. Demands during the graduation period can bring pressure and worries, negatively impacting your mental health. The main objective is to analyze how physical exercise impacts the life satisfaction of university students, seeking positive correlations between regular practice and improvements in general satisfaction. The study adopts a narrative literature review approach, analyzing 5 articles selected from different databases, with specific inclusion criteria. The sample is made up of school and university students, and the analysis includes reviewing findings from different studies on the relationship between physical exercise and life satisfaction. The results highlight that regular physical exercise is positively associated with life satisfaction among university students. Furthermore, the articles indicate that factors such as core self-evaluation, positive emotions, self-control, and relationship and competence needs play mediating roles in this relationship. Despite the lack of direct evidence in some studies, integrative analysis suggests that physical exercise not only directly impacts life satisfaction, but also through complex mediating mechanisms, such as psychological and emotional factors. The research reinforces the importance of physical exercise in promoting psychological well-being, indicating that strategies in this sense can generate a positive interaction in life satisfaction. However, more research is needed, especially specific interventions, to establish causality and direct more personalized and effective practices.

Descrição

Palavras-chave

Exercício físico, Satisfação, Satisfação com a vida, Estudantes, Estudantes universitários, Physical exercise, Satisfaction, Life satisfaction, Students, College students

Como citar

FOTOPOULOS, Felipe Dornelas. Exercício Físico e Satisfação com a Vida de Estudantes: uma revisão narrativa. 2023. 16 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Educação Física) - Faculdade de Ciências, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Bauru, 2023.