Segurança do trabalhador em aplicações de herbicidas com pulverizadores de barra em cana-de-açúcar

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-03-29

Autores

Costa, Glauberto Moderno [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Os objetivos deste trabalho foram de quantificar as exposições dérmicas e respiratórias do tratorista em aplicações de herbicidas em cultura de cana-de-açúcar, avaliando a eficiência de pontas com indução de ar, da barra central e da cabina do trator, separadamente ou combinadas, como medidas de proteção coletiva e classificar as pulverizações das 46 recomendações de herbicidas para cultura de cana-de-açúcar em seguras ou inseguras, calculando o tempo de trabalho seguro e a necessidade e controle da exposição para as condições inseguras. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente ao acaso com os tratamentos distribuídos no esquema fatorial 2 x 2 x 2. O fator A foi a posição da barra no pulverizador (traseira ou central); o fator B a condição do trator (sem e com cabina); e o fator C o modelo da ponta de pulverização (TF Turbo Floodjet® - ou TTI Turbo TeeJet Air Induction®). A exposição dérmica potencial do tratorista foi reduzida em 46% com o uso da barra central, em 20% com a cabina e em 0,07% com as pontas TTI. Das 46 recomendações, 32,6% delas foram seguras com o pulverizador de barra central sem a cabina e com as pontas TF e 34,8% com as pontas TTI. Com a cabina, 36,9% foram seguras com as pontas TF e 39,1% com as pontas TTI. Com o pulverizador de barra traseira sem a cabina, 30,4% das recomendações foram seguras com as pontas TF e 28,3% com as pontas TTI. Com a cabina, 30,4% das recomendações foram seguras com as pontas TTI. A condição mais segura para o tratorista ocorreu com o pulverizador de barra central, trator com cabina e pontas TTI. A cabina do trator é eficiente como medida de proteção coletiva para o controle da exposição dérmica do tratorista em aplicações de herbicidas em cana-de-açúcar com pulverizadores de barra.
The objectives of this work were to quantify the exposures dermal and respiratory of the tractor driver in herbicides applications in sugar-cane crop; to evaluate the efficiency of nozzles with air induction, of the central bar and of the cabin of the tractor, isolated or combined, as measures of collective safety for the tractor driver; and to classify the 46 recommendations the herbicides registered spraying for sugar-cane in safe or unsafe for the tractor driver in these work conditions. The used statistical arrangement was the completely randomized plot in the factorial outline 2 x 2 x 2. The factor A was the position of the bar in the sprayer; the factor B was the condition of the tractor; and the factor C was the model of the spraying tip (TF Turbo Floodjet® or TTI - Turbo TeeJet Air Induction®). The potential dermal exposure of the tractor driver was reduced in 46% with the use of the central bar, in 20% with the cabin and in 0,07% with the nozzles TTI, in spraying with extremely course drops. Of the 46 recommendations herbicides for sugar-cane crop, 32,6% of them were safe with the sprayer of central bar without the cabin and with the nozzle TF and 34,8% with the nozzle TTI. With the cabin, 36,9% were safe with the nozzle TF and 39,1% with the nozzle TTI. In the applications with the sprayer of back bar without the cabin, 30,4% of the recommendations were safe with the nozzle TF and 28,3% with the nozzle TTI. With the cabin, 30,4% of the recommendations were safe with the nozzle TTI. The safest condition for the tractor driver was the herbicides application with the sprayer with central bar, tractor with cabin and nozzle TTI. The cabin of the tractor is efficient as measure of collective protection for the control of the exposure dermal of the tractor driver in herbicides applications in sugar-cane with bar sprayer.

Descrição

Palavras-chave

Cana-de-açúcar, Herbicidas, Pulverização, Exposição dérmica, Pulverizador, Herbicide

Como citar

COSTA, Glauberto Moderno. Segurança do trabalhador em aplicações de herbicidas com pulverizadores de barra em cana-de-açúcar. 2007. xiii, 62 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2007.