Desafios e possibilidades de um trabalho colaborativo para a formação continuada com docentes do ensino médio público

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-11-12

Autores

Carvalho, Tereza Cristina de [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta pesquisa defende a tese de que uma formação continuada com docentes do Ensino Médio sustentada nos princípios do trabalho colaborativo viabiliza o trabalho educacional e inclusivo dos estudantes do Público-alvo da Educação Especial. Para isso, teve como objetivo analisar os desafios e as possibilidades de um trabalho colaborativo para a formação continuada com docentes do Ensino Médio público, de uma cidade da Região Noroeste do Estado do Paraná. A abordagem teórico-metodológica pautou-se na pesquisa qualitativa, fundamentada nos pressupostos da pesquisa colaborativa. Os participantes foram cinco docentes do Ensino Médio, uma pedagoga da Sala de Recursos Multifuncionais, uma pedagoga de Apoio Educacional Especializado e uma Coordenadora Pedagógica da Educação Especial com formação em geografia. Para responder o objetivo proposto a formação continuada foi realizada em três etapas. Na primeira foi realizada uma entrevista semiestruturada com o objetivo de identificar as dificuldades encontradas no trabalho que envolvia estudantes do Público–alvo da Educação Especial. Na segunda etapa, a formação continuada foi planejada por meio do trabalho colaborativo e os encontros realizados. Na terceira etapa foi realizada uma nova entrevista semiestruturada a fim de analisar os resultados da formação continuada realizada. Para a coleta de dados foram utilizados: entrevista semiestruturada; anotações de campo por meio de observação do contexto de coleta, gravações em áudio das reuniões e discussões com o grupo de participantes; e, registro por meio do aplicativo WhatsApp. Com o tratamento e a análise dos dados foi possível identificar os desafios e as possiblidades da formação continuada e sistematizar quatro grandes categorias de análise: 1) As Políticas Educacionais e sua organização na escola pública; 2) Condições para operacionalizar uma formação continuada a partir da abordagem colaborativa na escola pública; 3) As necessidades formativas dos docentes do Ensino Médio para atuar com estudantes do Público- alvo da Educação Especial no Ensino Comum, e; 4) Formação Continuada Colaborativa: o processo de adaptação e de mediação das avaliações para os estudantes do PAEE. Conclui-se que, a formação continuada colaborativa possibilitou a aproximação entre os docentes, o comprometimento com o trabalho proposto, a mudança de olhar em relação aos estudantes do PAEE. Porém, para que a proposta de trabalho colaborativo seja realizada são necessários: 1) voluntarismo; 2) adequação na dinâmica de trabalho que ocorre hoje entre o Ensino Comum e a Educação Especial na própria escola; 3) que as equipes, gestora e pedagógica, atuem em parceria com os docentes para viabilizar, organizar e executar formações continuadas a partir do trabalho colaborativo na escola e entre escolas.
This research defends the thesis that a continuous formation with teachers of the Secondary Education sustained in the principles of the collaborative work makes possible the educational and inclusive work of the students of the Audience of the Special Education. For that, the objective was to analyze the challenges and the possibilities of a collaborative work for the continuous formation with professors of Public High School, of a city of the Noroeste Region of the State of Paraná. The theoretical-methodological approach was based on qualitative research, based on the presuppositions of collaborative research. The participants were five high school teachers, a pedagogue from the Multifunctional Resource Room, a Specialized Educational Support teacher and a Special Education Pedagogical Coordinator with training in geography. In order to respond to the proposed objective, continuous training was carried out in three stages. In the first, a semi-structured interview was carried out to identify the difficulties encountered in the work involving students of the Special Education Audience. In the second stage, continued training was planned through collaborative work and meetings. In the third stage a new semi-structured interview was carried out in order to analyze the results of the ongoing training. Data collection was used: semi-structured interview; field notes by observation of the collection context, audio recordings of the meetings and discussions with the group of participants; and, registration through the WhatsApp application. With the treatment and analysis of the data it was possible to identify the challenges and possibilities of continuing education and to systematize four broad categories of analysis: 1) Educational Policies and their organization in the public school; 2) Conditions to operationalize a continuous formation from the collaborative approach in the public school; 3) The training needs of the teachers of the High School to work with students of the Target Audience of Special Education in the Common Teaching, and; 4) Collaborative Continuing Education: the process of adaptation and mediation of assessments for PAEE students. It was concluded that the collaborative continuous training made it possible to bring together the teachers, the commitment to the proposed work, the change of look in relation to the PAEE students. However, for the proposal of collaborative work to be carried out, it is necessary: 1) voluntarism; 2) adequacy in the dynamics of work that occurs today between the Common Teaching and the Special Education in the own school; 3) that the teams, manager and pedagogical, work in partnership with the teachers to enable, organize and carry out continuing training from collaborative work in school and between schools.

Descrição

Palavras-chave

Formação continuada, Trabalho colaborativo, Ensino médio, Estudantes do público-alvo da educação especial, Continuing education, Collaborative work, High school, Special education target audience students

Como citar