Metabolismo do ferro e lipoperoxidação eritrocitária em equinos puro sangue árabe sumetidos ao exercício em esteira e suplementados com vitamina E (dl-alfa-tocoferol)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-08-05

Autores

Machado, Luciana Pereira [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do exercício progressivo em esteira de alta velocidade, do treinamento e da suplementação com vitamina E no metabolismo do ferro e na lipoperoxidação eritrocitária em equinos Puro Sangue Árabe. Foram utilizados 16 animais, distribuídos em dois grupos: controle (GC=8) e suplementado com vitamina E (GE=8) (1.000 U/animal/dia). Os equinos não treinados foram submetidos a uma prova de exercício progressivo (P1). Em seguida, foram treinados por 20 dias e submetidos a uma segunda prova de exercício (P2). O protocolo de exercício para as duas provas iniciou-se a 1,8m/s por 5 min, 4m/s por 3min, 6m/s por 2min seguido de fases de 1min em velocidades crescentes até que os animais conseguissem manter-se em exercício, com a esteira inclinada a +7%. Não houve influência da suplementação com vitamina E ou do treinamento no metabolismo do ferro. O ferro sérico aumentou imediatamente após o exercício por hemoconcentração e houve redução por sequestro após 6h, retornando aos valores basais em 24h. O exercício induziu “pseudoanemia” entre 6 a 120h após o exercício nos animais não treinados. Não houve alteração na concentração de ferritina sérica. O MDA eritrocitário basal foi maior nos animais treinados e houve maior produção in vitro de MDA eritrocitário nos animais suplementados. O MDA sérico aumentou 30min após o exercício e a concentração de vitamina E sérica não se alterou. Conclui-se que este protocolo de exercício promove alteração da dinâmica de distribuição do ferro, mas não altera o conteúdo total de ferro do organismo. A mensuração do MDA sérico é sensível para avaliar o estresse oxidativo induzido pelo exercício, porém o MDA eritrocitário basal é mais eficiente para avaliar o estresse do treinamento. A suplementação com vitamina E não impediu o estresse oxidativo.
This study aimed to evaluate the effects of incremental exercise in high-speed treadmill, training and vitamin E supplementation on iron metabolism and erythrocyte lipoperoxidation in Arabian horses. Sixteen animals were distributed into two groups: control (GC=8) and supplemented with vitamin E (GE=8) (1,000 U/animal/day). The untrained horses were submitted to an incremental exercise trial (P1). Then, they were submitted to a 20 day training period and to a second incremental exercise trial (P2). Exercise protocol for two tests was started with 1.8m/s for 5 min, 4m/s for 3 min, 6m/s for 2 min and right after, periods of 1 min and challenging the equines with increasing speeds until the animals hasn’t no condition to prolong the exercise. There was no influence of vitamin E supplementation or training on iron metabolism. Serum iron levels increased immediately after exercise due to hemoconcentration and there was a reduction by sequestration after 6 h, which returned to basal values in 24 h. The exercise induced a “pseudoanemia” 6 to 120 h after the exercise in untrained animals. There was no alteration in serum ferritin concentration. Basal erythrocyte MDA was higher in trained animals and there was major in vitro erythrocyte MDA production in supplemented animals. Serum MDA elevated 30 min after exercise and vitamin E concentration did not change. In conclusion, this exercise protocol promotes changes in iron distribution dynamic, but do not change the total iron containing in the organism. Serum MDA measurement is sensitive to evaluate the oxidative stress induced by exercise, however basal erythrocyte MDA is more efficient to evaluate training stress. Vitamin E supplementation not avoids oxidative stress.

Descrição

Palavras-chave

Equino - Exercícios físicos, Cavalo árabe - Aspectos endócrinos, Metabolismo do ferro, Vitamina E, Arabian horses - Exercise, Oxidative stress

Como citar

MACHADO, Luciana Pereira. Metabolismo do ferro e lipoperoxidação eritrocitária em equinos puro sangue árabe sumetidos ao exercício em esteira e suplementados com vitamina E (dl-alfa-tocoferol). 2009. 71 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 2009.