O capitalismo de vigilância na perspectiva das Relações Internacionais: uma análise a partir da questão do 5G

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-04-25

Autores

Borelli, Patricia Capelini

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Como uma maneira de aproximar a discussão sobre o capitalismo de vigilância do campo das Relações Internacionais, este trabalho parte da abordagem da Economia Política Internacional para discutir em que medida as relações de produção e de poder que estruturaram o capitalismo de informação, na década de 1980, permanecem vigente nos dias atuais. Isso porque entendemos o capitalismo de vigilância como um desdobramento do capitalismo de informação, que passa a ganhar forma a partir dos anos 2000. Assim, nosso objetivo consistiu em analisar como se deu esse desdobramento, apontando para as relações de poder e de produção que permeiam a dinâmica de concorrência, intercapitalista e interestatal, em torno da indústria de tecnologias da informação e comunicação (TIC). O trabalho foi divido em três momentos. Primeiro, analisamos as relações de produção e de poder que estruturaram o capitalismo de informação, considerando a formação de uma indústria global de TIC. Depois, discutimos alguns dos fatores que explicam o desdobramento para o capitalismo de informação, entre os anos 1990 e 2000, notando alguns dos impactos para essa indústria. Por fim, para identificar como se configuram as relações de produção e de poder que sustentam o capitalismo de vigilância nos dias atuais, exploramos a dinâmica de concorrência em torno do 5G. Por se tratar de um desdobramento do capitalismo de informação, argumentamos que o capitalismo de vigilância representa mais um reforço do que uma ruptura da estrutura vigente desde 1980. Chama atenção, no entanto, a possibilidade de estarmos assistindo à uma mudança dos atores centrais desse sistema.
As a manner to bring the discussion about surveillance capitalism closer to the field of International Relations, this work relies on an International Political Economy approach to discuss the extent to which the relations of production and power that structured information capitalism in the 1980s, remain in effect today. We understand surveillance capitalism as an offshoot of information capitalism, which takes shape from the 2000s onwards. Thus, our objective was to analyze this unfolding process, observing the power and production relations in the inter-capitalist and interstate competition around the information and communication technology (ICT) industry. First, we identified the production and power relations that structured information capitalism, considering the global ICT industry formation in the 1980s. Then, we discussed some factors that explain the development of surveillance capitalism between the 1990s and 2000s, noting its impact on this industry. Finally, to observe the production and power relations that sustain surveillance capitalism today, we explored the inter-capitalist and interstate competition around 5G. As an unfolding of information capitalism, we argue that surveillance capitalism represents more a reinforcement than a rupture of the structure prevailing since the 1980s. Still, it is intriguing to consider the possibility that we are witnessing a change in the central actors of this system.

Descrição

Palavras-chave

Tecnologias digitais da informação e comunicação, Relações Internacionais, Relações econômicas internacionais, Sistemas de comunicação móvel 5G, Digital information and communication technologies, International relations, International economic relations, 5G mobile communication systems

Como citar