A interferência da jornada de trabalho na qualidade do serviço: contribuição á gestão de pessoas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-11-09

Autores

Silva, Luís Carlos de Paula e [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O trabalho em Instituições de saúde que funcionam vinte e quatro horas envolve jornadas exaustivas, com reflexos na qualidade da assistência. Este estudo objetivou comparar indicadores hospitalares em dois períodos distintos: um com jornada de trabalho da enfermagem de 6 horas e outro com 12 horas. Estudo quantitativo, descritivo, retrospectivo e comparativo, realizou o levantamento dos indicadores queda do leito, número de acidentes de trabalho da enfermagem, número de óbitos, taxa de infecção hospitalar, taxa de ocupação, média de permanência, número de funcionários da enfermagem e número de leitos em um hospital escola, no período de 01/1999 a 12/2006. Os resultados demonstraram que os indicadores de queda, número de óbitos e média de permanência apresentaram melhores índices no período em que a Instituição adotava a jornada de 6 horas; e quando adotava a jornada de 12 horas houve um crescimento de 126% nas quedas e 27,6% nos óbitos.
Health institutions that work twenty-four hours a day frequently have exhausting workingdays, reflected in the quality of the attendance. This study aimed at comparing hospital indicators in two different periods: one for a nursing 6-hour working-day and other for a 12- hour working-day. A quantitative, descriptive, retrospective and comparative study, it has performed the raising of the indicators: fall from the bed, number of nursing occupational accidents, number of deaths, rate of hospital infection, occupation rate, average of stay, number of nursing employees and number of beds in a hospital school, in the period from 01/1999 to 12/2006. The results have shown that the indexes of fall, number of deaths and average of stay were better when the institution had a 6-hour working-day, and the 12-hour working-day was related to an increase of 126% on the falls and to an increase of 27,6% on the deaths.

Descrição

Palavras-chave

Saude - Avaliação, Serviços de enfermagem - Qualidade, Nursing, Management indicators, working-day

Como citar

SILVA, Luís Carlos de Paula e. A interferência da jornada de trabalho na qualidade do serviço: contribuição á gestão de pessoas. 2009. 56 f. Dissertacao (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2009.