Vernalização, adubação e densidade de plantio na qualidade e produção de alho-semente no cerrado

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2021-01-19

Orientador

Fernandes, Dirceu Maximino

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Horticultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O alho (Allium sativum L.), é uma cultura naturalmente infectada por viroses, e o fato determinante para isto é a perda da capacidade de se reproduzir sexuadamente. Atualmente, através do processo de termoterapia e cultura de tecidos é possível obter materiais isentos de vírus, na qual, possuem vigor elevado, e quando submetidos ao plantio e condução em campo apresentam desempenho diferenciado em relação aos materiais infectados. Alguns produtores que trabalham com esses materiais isentos de vírus, passaram a perceber com maior intensidade a incidência de distúrbios fisiológicos, como bulbos grudados e bulbilhos com mais de uma gema, relatando haver possíveis relações destes distúrbios quando ocorre longos períodos de exposição a vernalização e/ou adubações muito acima do recomendado para cultura. Na literatura há poucas informações sobre o efeito da vernalização e adubação no surgimento de distúrbios indesejáveis para a cultura, e o presente trabalho buscou pesquisar esta questão. No primeiro capítulo foram realizados dois anos consecutivos de experimento, na qual, em ambos avaliou-se as combinações de dois períodos de vernalização (40 e 60 dias) com quatro dosagens de adubo (N1P1, N2P1, P2N1 E P2N2) em seis repetições. Observou-se que 40 dias de vernalização promoveu maior produtividade e qualidade de semente nos dois anos de experimentação, 60 dias de vernalização induziu o surgimento de bulbos grudados no primeiro ano, aumentando-se consideravelmente no segundo ano de ensaio. Houve influência dos tratamentos nos resultados de bulbilhos com mais de uma gema. No segundo capítulo buscou-se estabelecer padrões de produtividade de alho-semente, e a avaliação ocorreu à partir da combinação de dois períodos de vernalização (40 e 60 dias), três densidades populacionais (280000, 420000 e 560000 plantas ha-1), e duas dosagens de adubo (de base e dobrada), com 5 repetições. Verificou-se que as combinações mais efetivas para produção de alho-semente classificação 6 e 5 foram, respectivamente; (280000 plantas ha-1, adubação de base e 40 dias de vernalização), (560000 plantas ha-1, adubação de base e 40 dias de vernalização) e (560000 plantas ha-1, adubação de base e 40 dias de vernalização).

Resumo (inglês)

Garlic (Allium sativum L.), is a culture naturally infected by viruses, and the determining factor for this is the loss of the ability to reproduce sexually. Currently, through the process of thermotherapy and tissue culture it is possible to obtain materials free of viruses, in which they have high vigor, and when subjected to planting and driving in the field they present different behavior in relation to infected materials. Some producers who work with these virus-free materials, began to perceive with greater intensity the incidence of physiological disorders such as bulbs attached and bulbs with more than one bud, reporting that there are possible relationships of these disorders when long periods of exposure to vernalization and / or fertilizations much higher than recommended for culture. There is little information in the literature on the effect of vernalization and fertilization on the emergence of undesirable disorders for the crop, and the present study sought to investigate this issue. In the first chapter, two consecutive years of experiment were carried out, in which, in both, the combinations of two periods of vernalization (40 and 60 days) with four fertilizer doses (N1P1, N2P1, P2N1 and P2N2) were evaluated in six repetitions. It was observed that 40 days of vernalization promoted greater productivity and seed quality in the two years of experimentation, 60 days of vernalization induced the appearance of bulbs attached in the first year, increasing considerably in the second year of testing. There was an influence of treatments on the results of bulbils with more than one bud. In the second chapter, we sought to establish seed garlic productivity standards, and the evaluation took place by combining two periods of vernalization (40 and 60 days), three population densities (280000, 420000 and 560000 plants ha-1 ), and two fertilizer dosages (basic and folded), with 5 repetitions. It was found that the most effective combinations for production of garlic seed 6 and 5 were, respectively; (280000 plants ha-1, basic fertilization and 40 days of vernalization), (560000 plants ha-1 , basic fertilization and 40 days of vernalization) and (560000 plants ha-1, basic fertilization and 40 days of vernalization).

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados