O conceito de atividade/ ação presente na formação inicial e nas práticas na educação infantil

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014

Autores

Reis, Joana Angélica Bernardo de Oliveira [UNESP]
Garms, Gilza Maria Zauhy [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)
Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD UNESP)

Resumo

A concepção que o professor tem sobre o conceito de atividade começa a ser formada com suas experiências como aluno, e vão se delineando em sua formação inicial até quando começa atuar diretamente com as crianças. Muitas propostas educativas foram criadas ao longo da história da educação, que valorizam a participação da criança, sua competência e a importância de sua ação, mas pesquisas comprovam que estes ideais ainda estão distantes da realidade das escolas. Mas esta distância não decorre da falta de propostas inovadoras, e sim, da sua transformação em práticas pedagógicas. O objetivo da pesquisa é discutir o conceito de atividade e suas implicações na formação inicial e nas práticas de professores da Educação Infantil e verificar quais as concepções de atividade e criança estão presentes no discurso dos estudantes do segundo ano de Pedagogia da FCT/Unesp e nas práticas de 3 professores de Educação Infantil de Presidente Prudente e comparar estas concepções com o pensamento dos teóricos que orientam os cursos de formação de professores e compõem as propostas pedagógicas das instituições. Para realização da pesquisa aplicamos questionários com os alunos de pedagogia e observações das práticas dos professores. Os resultados apontaram uma diversidade de concepções, revelando a falta de clareza do que é a atividade na Educação Infantil. Com relação às práticas dos professores, observamos concepções de atividade que, se aproximavam apenas da simples realização e outras vezes possibilitavam a ação e participação ativa da criança. Demonstrando uma necessidade de aprofundamento de estudos sobre a importância das atividades e da ação da criança como instrumento essencial para aprender e assim, contribuir para a mudança efetiva e melhora da qualidade na Educação Infantil.

Descrição

Palavras-chave

Como citar

CONGRESSO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES, 2.; CONGRESSO ESTADUAL PAULISTA SOBRE FORMAÇÃO DE EDUCADORES, 12., 2011, Águas de Lindóia. Anais 2. Congresso Nacional de Professores 12. Congresso Estadual sobre Formação de Educadores... São Paulo: UNESP; PROGRAD, 2014. p. 2557-2570