Avaliação do acesso à saúde aos níveis de atenção de maior complexidade no município de Marília/SP, sob a ótica da integralidade

dc.contributor.advisorJuliani, Carmen Maria Casquel Monti [UNESP]
dc.contributor.authorOliveira, Luciana Rocha de [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-06-11T19:28:19Z
dc.date.available2014-06-11T19:28:19Z
dc.date.issued2010-02-25
dc.description.abstractEste estudo teve o objetivo de avaliar o acesso dos usuários ao serviço público de saúde de maior complexidade no município de Marília/SP, sob a ótica da integralidade. Trata-se de um estudo epidemiológico inserido no campo da avaliação de serviços de saúde, cujos dados foram obtidos por meio de análise de documentos e relatórios administrativos existentes nos sistemas de informação em saúde do município, no ano de 2007. Foram analisadas 529 fichas de reclamação na ouvidoria advindas da rede básica, além da análise de documentos informatizados da Central de Vagas sobre a demanda e oferta de serviços a níveis de atenção de maior complexidade. Para análise do número de agendados nas especialidades médicas utilizaram-se parâmetros da Portaria nº 1.101 do Ministério da Saúde. Os dados de morbidade ambulatorial local foram obtidos pelo SIAL (Sistema de Informação Ambulatorial Local) com a finalidade de correlacionar as especialidades médicas, com o número de reclamações. Na análise dos resultados constatou-se que o maior número de reclamações na ouvidoria é referente à demanda reprimida para as especialidades médicas e exames especializados, e que o tempo médio para suprir a demanda é elevado. Embora os dados obtidos demonstrem um período longo de espera para o atendimento nas especialidades, os parâmetros da Portaria nº 1.101 são atendidos na sua totalidade e, não raras vezes, mais que o recomendado por esta. Assim sendo, interpretamos que há uma defasagem dos parâmetros de cobertura desta Portaria, que está muito aquém das demandas de encaminhamentos oriundos da rede básica, ou a atenção básica não está cumprindo com o seu papel de resolubilidade dos problemas de saúde da população. Quanto ao SIAL, uma das morbidades mais prevalentes são as doenças do aparelho respiratório...pt
dc.description.abstractThis study aimed evaluates the user’s access to high complexity health service in the city of Marília – SP from the perspective of integrality. It’s an epidemiological study inserted in the field of health evaluation services, whose data were obtained through analysis of documents and administrative reports available in the city health information systems, in the year 2007. Were analyzed 529 complaints records of call service arising from basic network and digitized documents from Vacant Center about supply and demand services to levels of more complex care. For analysis the scheduled number of medical specialties this study used the parameters of the 1.101 ordinance Ministry of Health. The ambulatory morbidity data were obtained from SIAL (local Information System) with the purpose to correlate the medical specialties and the complaints number. The analysis of results evidenced that the majority number of complaints to the call service refers to the restrained demand for medical specialties and specialized exames, and the average time to supply the demand is high. Although the data show a long period of waiting to a specialty appointment, the parameters of the 1.101 ordinance are met in full and, often, more than recommended for this. Therefore, we interpret that there is unbalanced parameters of coverage, which is well below the demands of cases received from the basic network or primary care is not fulfilling its role in solving the problems of population health. About SIAL, one of the most prevalent morbidity are diseases of the respiratory system (16,0%), and the pneumology specialty, had one the minority numbers of complaints to the call service, which leads us to believe that the primary basic care are better prepared to take care of the common diseases of this specialty. In this context, we know that certainly... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipSecretaria de Saúde do Estado de São Paulo
dc.format.extent119 f.
dc.identifier.aleph000614033
dc.identifier.capes33004064081P0
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Luciana Rocha de. Avaliação do acesso à saúde aos níveis de atenção de maior complexidade no município de Marília/SP, sob a ótica da integralidade. 2010. 119 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2010.
dc.identifier.fileoliveira_lr_me_botfm.pdf
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/96436
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectCuidados primários de saúde - Marília (SP)pt
dc.subjectServiços de saudept
dc.subjectHealth careen
dc.subjectHealth Services Accessibilityen
dc.subjectHealth Evaluationen
dc.subjectHealth Services Needs and Demanden
dc.titleAvaliação do acesso à saúde aos níveis de atenção de maior complexidade no município de Marília/SP, sob a ótica da integralidadept
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.advisor.lattes2749002390005883[1]
unesp.advisor.orcid0000-0002-3734-2317[1]
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Medicina, Botucatupt
unesp.graduateProgramEnfermagem (mestrado profissional) - FMBpt
unesp.knowledgeAreaPrática em enfermagempt
unesp.researchAreaAvaliação de serviços de saúdept

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
oliveira_lr_me_botfm.pdf
Tamanho:
1012.58 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format