Formação continuada na perspectiva da racionalidade comunicativa: possibilidades de articulação entre literatura infantil e o ensino de ciências da natureza

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-08-15

Autores

Fagundes, Andréa Vassallo [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta pesquisa objetivou investigar como a ação comunicativa é estabelecida em um processo de formação continuada, que procura reconhecer as possibilidades de uso da literatura infantil nas aulas de Ciências da Natureza, nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Esse processo de formação, realizado com professoras do Colégio de Aplicação João XXIII/UFJF, foi desenvolvido a partir da perspectiva da racionalidade comunicativa e identificou os atos interativos e atos de fala estabelecidos, retratando, como síntese, o percurso dialógico realizado. A Teoria da Ação Comunicativa de Jürgen Habermas serviu como fundamentação teórica, através da concepção de linguagem enquanto processo emancipatório, que se traduz nas diversas marcas discursivas estabelecidas em processos interativos e dialógicos. Os dados foram coletados e analisados por meio de entrevistas (inicial e final), realizadas individualmente, e a constituição de um Grupo de Formação, espaço em que as professoras procuraram, inicialmente, articular a base teórica oferecida com a prática de sala de aula, sob um olhar crítico e reflexivo. Posteriormente, elaboraram, desenvolveram e analisaram aulas de Ciências, a partir do uso da Literatura infantil, tendo a grade curricular do Colégio como norteadora do tema a ser desenvolvido. Como resultado deste trabalho, pudemos reconhecer como o professor, para se posicionar diante do assunto, estabelece interações e falas, num percurso dialógico. Percebemos, também, através do discurso das professoras, a riqueza de propostas de uso da Literatura Infantil em aulas de Ciências, desenvolvias em processos coletivos. Concluímos, ao final desta pesquisa, que ações de formação continuada dessa natureza podem contribuir para a autonomia e a emancipação do professor, a partir de análise e reconstrução crítica da prática docente
This research has aimed to investigate how the communicative action is established in a process of continuing formation that looks foward to recognize the possibilities of using Children Literature in Natural Sciences classes in the early years of Elementary School. This formation process, realized with teachers from Colégio de Aplicação João XXIII/UFJF, was developed from the perspective of communicative rationality and identified the interactive acts and established speech acts, showing, as a synthesis of this process, the dialogical course realized. The theory of communicative action by Jürgen Habermas served as theoretical basis, through the conception of language as an emancipatory process, which is translated in different discursive marks established in interactive and dialogical processes. The data was collected and analyzed through interviews (initial and final) performed individually and the establishment of a Formation Groupl, a space where teachers sought, initiality, to articulate the theoretical basis offered to the practice in the classroom, under a critical and reflexive eye, and subsequently they developed, implemented and analyzed science lessons from the use of Children Literature, having the curriculum of the school as a guide to the theme to be developed. As a result of this work, we could recognize how the teacher, to stand on the subject matter, establishes interactions and speeches in a dialogical course. We have also found out, through the speech of teachers, the richness of the proposals to use Children literature in science classes, developed in collective process. We have concluded, by the end of this research, that continued formation actions from this nature can contribute to the teacher autonomy and emancipation from the analysis and critical reconstruction of the teaching practice

Descrição

Palavras-chave

Habermas, Jurgen 1929, Literatura infanto-juvenil, Ciencia, Racionalidade, Educação permanente, Children's literature, Science, Rationalism, Continuing education

Como citar

FAGUNDES, Andréa Vassallo. Formação continuada na perspectiva da racionalidade comunicativa: possibilidades de articulação entre literatura infantil e o ensino de ciências da natureza. 2012. 209 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências, 2012.