Análise granulométrica de depósitos do tipo loess no Charyn Canyon, Cazaquistão

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-11-28

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Localizada no centro da Eurásia, maior e mais populoso continente do planeta, a região da Ásia Central desempenha importante papel na dinâmica climática global no passado e no presente. Marcada por extensas áreas desérticas e cadeias de montanhas muito elevadas, a paisagem dessa região começou a ser moldada há partir da metade do Mioceno, há cerca de 13 milhões de anos, por eventos geológicos e climáticos que foram responsáveis por um processo de aridificação, o qual pode ser explicado pelo contexto climático de resfriamento global aliado ao soerguimento do Platô do Tibete, o qual impulsiona, ao sul, as modernas monções, devido à sua influência orográfica no regime de precipitação. Do mesmo modo, o soerguimento da cadeia de montanhas, afetou o clima das bacias da Ásia Central, ao norte, ocasionando continentalidade e aridificação. Neste contexto seco e frio, se desenvolveram os depósitos de loess, os quais ocupam os sopés das montanhas da Ásia Central e representam um valioso arquivo das mudanças climáticas do passado. O presente estudo tem como objetivo investigar a variação, ao longo do tempo, da granulação dos sedimentos eólicos do tipo loess do Charyn Canyon, localizado na Bacia do Ili, no sudeste do Cazaquistão, a fim de alcançar um avanço na compreensão do ambiente de deposição e dos regimes climático e de circulação atmosférica atuantes nesta região. As análises granulométricas feitas pelo método da difração de raios laser em 109 amostras coletadas ao longo da seção do Charyn Canyon, resultaram em curvas de variação de determinadas classes granulométricas, as quais foram correlacionadas à seção colunar previamente levantada da área de estudo. Com a integração dos dados estratigráficos e sedimentológicos de campo junto às análises laboratoriais da granulação dos sedimentos do tipo loess, faz-se uma interpretação acerca dos processos e dos ambientes deposicionais desta sequência, os quais revelam uma clara transição de um ambiente fluvial, não necessariamente perene, para um ambiente essencialmente eólico e árido.
Located in the center of Eurasia, the largest and most populous continent on the planet, the Central Asian region plays an important role in past and present global climate dynamics. Marked by extensive desert areas and very high mountain ranges, the landscape of this region began to be shaped around the middle of the Miocene, about 13 million years ago, by geological and climatic events that were responsible for an aridification process, which can be explained by the global cooling climate context combined with the uplift of the Tibet Plateau, which drives the modern monsoons in the South, due to their orographic influence on the precipitation regime. In the same way, the uplift of the mountain range affected the climate of the northern Central Asia basins, causing continentality and aridification. In this dry and cold context, loess deposits have developed, occupying the foothills of the Central Asian mountains and representing a valuable archive of past climate change. This study aims to investigate the variation over time of the granulation of loess sediments from Charyn Canyon, located in the Ili Basin in south-eastern Kazakhstan, in order to advance the understanding of the deposition environment, and the atmospheric circulation and climatic regimes operating in this region. The particle size analyzes performed by the laser diffraction method on 109 samples collected along the Charyn Canyon section, resulted in variation curves of determinated particle size classes, which were correlated to the previously raised columnar section of the study area. Integrating field stratigraphic and sedimentological data with laboratory analysis of loess-type sediment granulation, an interpretation is made about the processes and depositional environments of this sequence, which reveal a clear transition from a not necessarily perennial river environment to an essentially windy and arid environment.

Descrição

Palavras-chave

Ciências da terra, Geologia estratigráfica, Sedimentação e depósitos, Loess, Granulometria, Ásia, Clima, Aridificação, Granulometry, Climate, Aridification

Como citar