Interferência psicológica em equipes que disputam campeonatos com mando de jogo: o caso do futsal/UNESP 09

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009

Autores

Ferreira, Evandro Yorioka [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Como a busca por vitórias se torna cada vez mais difícil no esporte coletivo, qualquer vantagem é vista como um diferencial em cada partida. Além da vantagem física e tática, que seriam os mais tradicionais, os treinadores buscam outros meios como vantagem psicológica ou jogar com o mando de campo, que para muitos não passa de ter a torcida a favor, mas para os jogadores e treinadores a torcida tem papel importante de incentivar e para os adversários os deixar nervosos, também não se esquecendo da vantagem de conhecer e treinar no local do jogo alem de poupar os atletas do desgaste de viagens. Este trabalho visa verificar como o mando de campo interfere nos atletas de futsal, alem de como as variadas torcidas influenciam os jogadores durante a partida e como os atletas vêem seus companheiros de time. Foi realizado uma pesquisa bibliográfica e de campo, pela técnica de questionário fechado, que possibilitou a compreensão do fato em estudo, ampliando nossa visão. No decorrer de nosso estudo constatamos que de maneira geral jogar em casa é fator determinante para o resultado final da partida, o que menos motiva os atletas é a possibilidade do juiz ser influenciado pela torcida local e que o grupo masculino é mais fácil de ser motivado do que o grupo feminino. Com os resultados obtidos o treinador passa a conhecer melhor seus jogadores, podendo assim, talvez, escalar o time melhor em momentos difíceis.

Descrição

Palavras-chave

Esportes - Aspectos psicológicos, Competição (Esporte), Público espectador, Competição

Como citar

FERREIRA, Evandro Yorioka. Interferência psicológica em equipes que disputam campeonatos com mando de jogo: o caso do futsal/UNESP 09. 2009. 57 f. Trabalho de conclusão de curso (licenciatura - Educação Física) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2009.