Estado nutricional em nitrogênio da grama esmeralda avaliado por meio do teor foliar, clorofilômetro e imagem digital, em área adubada com lodo de esgoto

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-01-01

Autores

Backes, Clarice [UNESP]
Villas Boas, Roberto Lyra [UNESP]
Lima, Claudinei Paulo de [UNESP]
Godoy, Leandro José Grava de [UNESP]
Büll, Leonardo Theodoro [UNESP]
Santos, Alessandro José Marques

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Instituto Agronômico de Campinas

Resumo

A intensidade da cor verde da folha pode ser alternativa para estimar a concentração de N na planta, devido à relação entre o teor de clorofila e o de N no tecido foliar. Objetivou-se neste trabalho avaliar índices da cor verde da grama esmeralda obtidos da análise da imagem digital e pelo uso do clorofilômetro para predizer o estado nutricional em N fornecido pelo lodo de esgoto. O experimento foi instalado e desenvolvido em uma propriedade comercial de grama esmeralda, localizada na cidade de Itapetininga (SP). O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições e cinco doses de lodo de esgoto: 0, 10, 20, 30 e 40 Mg ha-1, base seca. As doses de lodo aplicadas correspondem a 100, 200, 300 e 400 kg ha-1 de nitrogênio disponível. Foram avaliadas as concentrações de N e a intensidade de coloração verde da folha pelo uso do clorofilômetro (ICV) e por meio da análise da imagem digital (G, H e ICVE) aos 45, 105 e 165 dias após a aplicação do lodo. Os valores de intensidade obtidos foram correlacionados com a concentração de N na lâmina foliar e com a taxa de cobertura do solo determinada nas mesmas épocas. A aplicação de doses de lodo de esgoto proporcionou aumento dos índices de cor verde e da concentração de N nas folhas da grama esmeralda. A concentração de N na lâmina foliar pode auxiliar a adubação nitrogenada em cobertura, pois proporcionou altas correlações com a taxa de cobertura do solo. O matiz (H) obtido com a imagem digital e a intensidade de cor verde da folha (ICV) obtida com o clorofilômetro correlacionaram-se com a concentração de N e com a taxa de cobertura do solo e, dessa forma, podem servir como índices na recomendação da adubação nitrogenada.
The intensity of leaf green color can be an alternative to estimate the N concentration because of the relationship between chlorophyll level and N in leaf tissue. The objective of the work was to assess green index of the zoysiagrass from the digital imaging analysis and the use of chlorophyll meter to predict the nitrogen nutritional status in sewage sludge fertilized areas. The experiment was carried out on a commercial property of zoysiagrass, located in the county of Itapetininga, State of São Paulo. The experimental design was completely randomized, with five sewage sludge doses: 0, 10, 20, 30 and 40 Mg ha-1, on dry basis (equal to 0, 100, 200, 300 and 400 kg ha-¹) of N available and four replications. The N concentration and green hue intensity were evaluated by using chlorophyll meter (GHI) and by the digital image analysis (G, H and DGCI) at 45th, 105th and the 165th days after sewage sludge application. The intensity values were correlated with the N concentration in the leaf blade and with the soil cover rate determined in the same season. The application of sewage sludge doses increased the green rates and the N concentration in the Zoysia grass leaves. The N concentration leaf can help the nitrogen top-dressed application because it has high correlation with the soil cover rate. The hue (H) obtained with the digital image and green hue intensity (GHI) obtained with the chlorophyll meter are correlated with N concentration and with the soil cover rate and can serve as an index to assist in the recommendation of nitrogen fertilization.

Descrição

Palavras-chave

Zoysia japonica Steud, imagem digital, clorofilômetro, índice de cor verde, Zoysia japonica Steud, digital image, chlorophyll meter, green color index

Como citar

Bragantia. Instituto Agronômico de Campinas, v. 69, n. 3, p. 661-668, 2010.