Os Anostomidae da bacia do Alto rio Paraná

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-03-21

Autores

Okubo, Vitor Kenzo Niskirara

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Por conta do contínuo registro de novas espécies no Alto Paraná e da grande diversidade de Anostomidae, esta pesquisa visou realizar um levantamento da família na bacia do Alto Paraná, a fim de trazer uma atualização da lista feita por Langeani et al. (2007). As novas informações foram obtidas através de levantamento de literatura, análise de material depositado na coleção científica DZSJRP e acesso ao banco de dados de outras coleções ictiológicas, por meio da rede speciesLink. No Alto Paraná foram registradas 17 espécies da família Anostomidae, sendo distribuídas em quatro gêneros. O gênero com maior riqueza foi Leporinus com dez espécies (58,82%), seguido por Megaleporinus com três (17,65%), Schizodon com três (17,65%) e Leporellus com apenas uma (5,88%). Os resultados também incluem uma chave de identificação, uma pequena caracterização de cada espécie e fotos de exemplares representativos. Entre as espécies registradas, 13 (76,47%) são autóctones, três (17,65%) são alóctones e uma (5,88%) têm origem desconhecida.
Due to the continuous record of new species in the Upper Paraná and the great diversity of Anostomidae, this research aimed to carry out a survey of the family in the Upper Paraná basin, in order to update the list made by Langeani et al. (2007). The new information was obtained through a literature survey, analysis of material deposited in the DZSJRP scientific collection and access to the database of other ichthyological collections, through the speciesLink network. In the Upper Paraná basin, 17 species of the Anostomidae family were recorded, distributed in four genera. The genus with the greatest richness was Leporinus with ten species (58.86%), followed by Megaleporinus with three (17.65%), Schizodon with four (17.65%) and Leporellus with only one (5.88%). The results also include an identification key, a short characterization of each species and photos of representative specimens. Among the recorded species, 13 (76.47%) are autochthonous, three (17.65%) are allochthonous and one (5.88%) has an unknown origin.

Descrição

Palavras-chave

Zoologia, Ictiologia, Biogeografia, Characiformes, Biogeography, Ichthyology, Neotropical region, South America

Como citar