Análise do exercício físico e eletroestimulção do músculo tibial cranial após neurorrafia término-lateral do nervo fibular em ratos

dc.contributor.advisorViterbo, Fausto [UNESP]
dc.contributor.authorRosa, Vívian Cristina [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2016-01-13T13:27:37Z
dc.date.available2016-01-13T13:27:37Z
dc.date.issued2015-02-24
dc.description.abstractLesions of peripheral nerves can be extremely disabling. In this context, microsurgery has presented a major role in the treatment of patients. However, even with all technical refinement achieved by microsurgery, full motor recovery has not been ensured yet. This can be explained by muscle degeneration, atrophy and functional losses generated by denervation. In the clinical setting, some physiotherapy resources have been suggested in order to minimize losses due to denervation. Among these resources, electrical stimulation and exercise are the main options. The use of electrical stimulation is justified because it is able to minimize the atrophy during denervation. Differently, the application of exercise is justified to stimulate the production of neurotrophic factors, a fact that could enhance axonal regeneration and, next, to promote better reinnervation. However, to both electrical stimulation and exercise there are some controversies regarding the parameters used. The aim of this study was to analyze the efficiency of electrical stimulation, swimming exercise and the association between these two actions, in nerve regeneration after fibular nerve end-to-side neurorraphy. For the experiment, the animals were divided into two control groups GC and GD and 4 experimental groups GNTL, GNTL + EE, GNTL + N and GNTL + EE + N. The animals of the experimental groups underwent experimental surgery of end-to-side neurorraphy and in three post surgical groups the protocols of electrostimulation, swimming exercise and the association between electrostimulation and swimming were used. The results demonstrated that electrical stimulation, physical exercise and the association of the treatments showed superior results compared to GNTL group and the group GNTL + EE + N was superior to treatment isolated groups in nerve and muscle regenerationen
dc.description.abstractLesões de nervos periféricos podem ser extremamente incapacitantes. Nesse contexto, a microcirurgia vem apresentando um papel fundamental no tratamento dos pacientes. Entretanto, mesmo com todo refinamento técnico obtido com a microcirurgia, ainda não se obtém total recuperação motora. Tal fato se justifica pela degeneração muscular, atrofia e perdas funcionais geradas pela desnervação. Em âmbito clínico, alguns recursos fisioterapêuticos têm sido sugeridos na tentativa de minimizar as perdas decorrentes do quadro de desnervação. Dentre esses recursos, destacam-se a eletroestimulação e o exercício físico. A utilização da eletroestimulação é justificada por esta ser capaz de minimizar a atrofia durante a desnervação. De maneira diferente, a aplicação do exercício tem como principal justificativa o estímulo na produção de fatores neurotróficos, fato este que poderia potencializar a regeneração axonal e, por seguinte, promover uma melhor reinervação. Todavia, tanto para aplicação da eletroestimulação quanto para execução do exercício físico, existem algumas controvérsias no que se refere aos parâmetros utilizados. O objetivo desse trabalho foi analisar a eficiência da eletroestimulação, do exercício de natação, e da associação entre os dois recursos, na regeneração nervosa após neurorrafia término-lateral do nervo fibular. Para a realização do experimento, os animais foram divididos em 2 grupos controles GC e GD e 4 grupos experimentais GNTL, GNTL+EE, GNTL+N e GNTL+EE+N. Os animais dos grupos experimentais passaram por cirurgia experimental de neurorrafia término-lateral, sendo que em três grupos protocolos pós-cirúrgicos de eletroestimulação, exercício de natação e de associação entre eletroestimulação e natação foram utilizados. Os resultados obtidos demonstraram que a eletroestimulação, o exercício físico e a associação dos tratamentos apresentaram resultados...pt
dc.format.extent78 f.
dc.identifier.aleph000854927
dc.identifier.capes33004064006P8
dc.identifier.citationROSA, Vívian Cristina. Análise do exercício físico e eletroestimulção do músculo tibial cranial após neurorrafia término-lateral do nervo fibular em ratos. 2015. 78 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2015.
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/cathedra/18-12-2015/000854927.pdf
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/132683
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectCirurgiapt
dc.subjectExercícios físicospt
dc.subjectNervos cranianospt
dc.subjectEstimulos eletricospt
dc.subjectRato como animal de laboratoriopt
dc.subjectSurgerypt
dc.titleAnálise do exercício físico e eletroestimulção do músculo tibial cranial após neurorrafia término-lateral do nervo fibular em ratospt
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Medicina, Botucatupt
unesp.graduateProgramBases Gerais da Cirurgia - FMBpt
unesp.knowledgeAreaReparação, regeneração e trensplante de órgãos e tecidospt
unesp.researchAreaDesnervação e Regeneração nervosapt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
000854927.pdf
Tamanho:
2.06 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format