Ineficiência de acibenzolar-S-methyl na indução de resistência de feijoeiro comum à murcha-de-Curtobacterium

dc.contributor.authorSoares, Rafael M.
dc.contributor.authorMaringoni, Antonio Carlos [UNESP]
dc.contributor.authorLima, Giuseppina Pace Pereira [UNESP]
dc.contributor.institutionFEPAGRO Sementes
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-05-20T13:20:47Z
dc.date.available2014-05-20T13:20:47Z
dc.date.issued2004-08-01
dc.description.abstractO efeito da indução de resistência promovido por acibenzolar-S-methyl foi avaliado em três cultivares de feijoeiro (Phaseolus vulgaris), com diferentes níveis de resistência à murcha-de-Curtobacterium, em dois ensaios distintos, sob condições de casa de vegetação. O primeiro ensaio visou avaliar a ação do acibenzolar-S-methyl na indução de resistência à murcha-de-Curtobacterium e o segundo, objetivou avaliar a ação deste produto na atividade das enzimas peroxidase e polifenoloxidase e no nível de proteínas totais solúveis, em amostras de folhas e caule, sem inoculação do patógeno. em ambos os ensaios o indutor foi pulverizado na dosagem de 100 µg i.a./ml, cinco dias após o transplante das plantas para vasos. O acibenzolar-S-methyl foi ineficiente, tanto para controlar a doença na cultivar suscetível (IAC Carioca), quanto para incrementar os níveis de resistência das cultivares resistentes (IAC Carioca Akytã e IAC Carioca Pyatã). A peroxidase apresentou maior atividade nas plantas pulverizadas com o indutor, tanto na folha, como no caule. A polifenoloxidase mostrou maior atividade apenas no caule das plantas pulverizadas. O nível de proteínas totais solúveis foi maior no caule das plantas pulverizadas do que nas não-pulverizadas, porém não diferiu na folha. As enzimas e proteínas avaliadas apresentaram maiores níveis na folha do que no caule das plantas de feijoeiro avaliadas.pt
dc.description.abstractThe effect in the induction of resistance by acibenzolar-S-methyl was evaluated in three common bean (Phaseolus vulgaris) cultivars, with different levels of resistance to bacterial wilt under greenhouse conditions. The first assay evaluated the acibenzolar-S-methyl action in the induction of resistance against bacterial wilt; the second evaluated the action in the peroxidase and polyphenoloxidase activities as well as in total soluble protein level, in leaf and stem, without pathogen inoculation. In both assays, the inducer was sprayed at a dosage of 100 µg i.a./ml, five days after transplanting to pots. Acibenzolar-S-methyl was inefficient in controlling the disease in susceptible cultivar (IAC Carioca), nor did it improve the resistance level in resistant cultivars (IAC Carioca Akytã and IAC Carioca Pyatã). Peroxidase showed higher activity in inducer sprayed plants either in leaves or stems. In the sprayed plants, polyphenoloxidase showed higher activity only in stems. The total soluble protein level was higher in the stems of sprayed plants than in those that wern't sprayed, but levels did not differ in the leaves. The enzymes and proteins evaluated showed higher activity and levels in the leaves than in the stems.en
dc.description.affiliationFEPAGRO Sementes
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Ciências Agronômicas Departamento de Produção Vegetal
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Instituto de Biologia Departamento de Química e Bioquímica
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Ciências Agronômicas Departamento de Produção Vegetal
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Instituto de Biologia Departamento de Química e Bioquímica
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.format.extent373-377
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0100-41582004000400002
dc.identifier.citationFitopatologia Brasileira. Sociedade Brasileira de Fitopatologia, v. 29, n. 4, p. 373-377, 2004.
dc.identifier.doi10.1590/S0100-41582004000400002
dc.identifier.fileS0100-41582004000400002.pdf
dc.identifier.issn0100-4158
dc.identifier.lattes0464443742139470
dc.identifier.scieloS0100-41582004000400002
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/5865
dc.language.isopor
dc.publisherSociedade Brasileira de Fitopatologia
dc.relation.ispartofFitopatologia Brasileira
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceSciELO
dc.subjectCurtobacterium flaccumfacienspt
dc.subjectindução de resistênciapt
dc.subjectPhaseolus vulgarispt
dc.subjectperoxidasept
dc.subjectpolifenoloxidasept
dc.titleIneficiência de acibenzolar-S-methyl na indução de resistência de feijoeiro comum à murcha-de-Curtobacteriumpt
dc.title.alternativeInefficiency of acibenzolar-S-methyl in induction of resistance against bacterial wilt in common beanen
dc.typeArtigo
unesp.author.lattes0464443742139470[2]
unesp.author.orcid0000-0001-9108-4753[2]
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatupt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
S0100-41582004000400002.pdf
Tamanho:
183.27 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 2 de 2
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição:
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: