Diversidade da herpetofauna de uma área de Mata Atlântica do estado de Alagoas: a reserva particular da usina Porto Rico, Campo Alegre

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2009-08-21
Autores
Queissada, Ingrid Carolline Soares Tiburcio [UNESP]
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Editor
Universidade Estadual Paulista (Unesp)
Resumo
A Mata Atlântica é reconhecida internacionalmente como uma das 25 hotspots do planeta e engloba áreas com elevado endemismo, grande diversidade de espécies e fortes pressões antrópicas. É a segunda floresta mais ameaçada e abriga muitas espécies com risco de extinção. Os anfíbios e répteis constituem a chamada herpetofauna, formando um grupo que se destaca em quase todos os habitats terrestres e também são abundantes e importantes em ambientes aquáticos. No Brasil esse grupo está representado por 841 espécies de anfíbios, e 701 espécies de répteis. A maior diversidade desse grupo de animais ocorre em florestas tropicais úmidas, porém o frequente processo de fragmentação que estas florestas vêm sofrendo pode causar efeitos como a redução e até a extinção de populações. O presente estudo foi realizado na Reserva Particular da Usina Porto Rico e seu entorno, município de Campo Alegre, estado de Alagoas. O trabalho teve como principal objetivo conhecer a composição de espécies da herpetofauna na Reserva e comparar área de borda e área de interior de mata em relação à composição de espécies. Para as análises estatísticas só foram utilizados dados obtidos com o uso das armadilhas de interceptação e queda. Durante o período de junho de 2006 a agosto de 2007 foram registradas 29 espécies de anuros, 17 espécies de lagartos e 19 espécies de serpentes, capturados pelos métodos de busca ativa e de armadilhas de interceptação e queda e através de encontros acidentais. A composição herpetofaunística foi bastante similar quando comparados interior e borda de mata (coeficiente de Jaccard = 0,75862). Uma espécie típica de áreas abertas, Physalaemus cuvieri, foi a mais abundante tanto no interior da mata quanto na borda. Uma espécie considerada rara, Macrogenioglottus alipioi, foi encontrada na área de estudo enfatizando a importância da conservação desse remanescente florestal.
Atlantic Forest is internationally recognized as one of the 25 hotspots on the planet which embodies high endemism and high diversity areas over strong anthropic influence. This forest composing the second mort threatened forest, and representing an unique shelter for many endangered species. Amphibians and reptiles constitute what we named herpetofauna. This group to detach about all terrestrials habitats also is important and abundant in aquatics environments. In Brazil, the herpetofauna represent 841 amphibians species, and, 701 reptiles species. Its diversity occurs mainly within rain forests, but in these forests the frequent fragmentation processes may result on severe effects such as population reduction as extinct species. This study was developed at Usina Porto Rico Particular Reserve, Campo Alegre municipal district, Alagoas State. This aim of this work was to know the herpetofauna species composition in Reserve and to compare edge and interior of the forest. Only used data obtained about pittfall traps to statistical analyzes. From June 2006 to August 2007, 29 amphibians species, 17 lizards species and 19 snakes species were registered about pitfall traps and active look search and about accidental encounter. The herpetofauna composition was similar between edge and interior of the forest (Jaccard coefficient = 0,75862). One specie, Physalaemus cuvieri, typical of the open areas, was the most abundant in the edge as much as interior of the forest. One rare specie Macrogenioglottus alipioi was found within the studied área, pointing out the importance of this Forest remnant conservation.
Descrição
Palavras-chave
Ecologia animal, Reptil, Anfíbio, Fauna, Brasil, Nordeste, Animal ecology, Amphibian, Reptile
Como citar
QUEISSADA, Ingrid Carolline Soares Tiburcio. Diversidade da herpetofauna de uma área de Mata Atlântica do estado de Alagoas: a reserva particular da usina Porto Rico, Campo Alegre. 2009. 84 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2009.