Papel do poliformismo no gene da síntese do óxido nítrico endotelial (ENOS) na posição G894T na resposta pressórica em mulheres no climatério: efeito do treinamento físico

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-09-11

Autores

Rezende, Tiago Marques de [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

As mulheres possuem maior longevidade do que os homens, e após a menopausa a incidência de doenças cardiovasculares em mulheres é equivalente a dos homens, e assim os gastos com saúde na população feminina aumentam significativamente após a menopausa. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a presença de variações polimórficas no gene da eNOS na posição G894T em mulheres no climatério, e se o exercício físico aeróbio por 6 meses teria efeitos benéficos sobre a pressão arterial destas voluntárias. Nossos resultados mostram que o exercício físico não foi capaz de alterar o IMC das voluntárias. Por outro lado, o treinamento físico por 24 semanas foi efetivo em reduzir os valores de pressão arterial das voluntárias normotensas e hipertensas com genótipo GG, mas o genótipo GT+TT provoca alterações significativas nas respostas cardiovasculares que limita a magnitude de redução da pressão arterial na população estudada. Portanto, nossos dados claramente mostram que a presença do polimorfismo para o gene da eNOS na posição G894T afeta as respostas hipotensora, principalmente em hipertensas, ao exercício e pode estar associado a gênese da hipertensão arterial.
Epidemiological studies show that the incidence of cardiovascular disease in women increases dramatically in the postmenopausal years. Lately, women have more longevity as compared to men and consequently the menopausal time is longer in comparison with the last decades. A number of factors can contribute to increased incidence of cardiovascular disease among postmenopausal women, including alterations in lipid profile, weight gain, and decreases in physical activity during the menopause. Therefore, the aim of this study is to verify whether long-term of exercise on the arterial blood pressure in postmenopausal women with eNOS gene G894T polymorphism could affect the response to aerobix exercise training. Our findings show that exercise training failed to modify Body mass index. On the other hand, women with eNOS gen with genotype GG were more responsive to aerobic training than those with GT+TT to lowering arterial blood pressure. In conclusion, our findings clearly show that the presence of polymorphism in the eNOS gen G894T is deleterious to blood pressure control in response to exercise training.

Descrição

Palavras-chave

Educação física para deficientes, Treinamento físico, Hipertensão, Climaterio, Mulheres, Adapted physical education

Como citar

REZENDE, Tiago Marques de. Papel do poliformismo no gene da síntese do óxido nítrico endotelial (ENOS) na posição G894T na resposta pressórica em mulheres no climatério: efeito do treinamento físico. 2009. 70 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2009.