Resiliência no trabalho contemporâneo: promoção e/ou desgaste da saúde mental

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-12-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual de Maringá (UEM), Departamento de Psicologia

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Este estudo teórico resgata a concepção processual e contextual de resiliência, a qual compreende esse fenômeno enquanto relação complexa entre indivíduo e ambiente na produção de fatores de risco e no provimento de fatores protetores da subjetividade do indivíduo, buscando aplicá-la à realidade organizacional, haja vista que o mundo do trabalho contemporâneo demanda uma força de trabalho específica, qual seja, o trabalhador flexível, polivalente, sujeito a mudanças - portanto, um trabalhador resiliente. A partir dessas considerações, realiza-se um processo de reflexão sobre as situações em que a resiliência pode ser promotora de saúde mental, bem como acerca dos contextos que contribuem para o processo de adoecimento do trabalhador, buscando aventar possibilidades de atuação do profissional psicólogo diante de um contexto de trabalho adverso, considerando-se que o principal objetivo dessa atuação profissional é garantir a proteção/promoção da saúde e qualidade de vida no ambiente de trabalho.

Resumo (espanhol)

Este estudio teórico rescata el diseño contextual y procesal de la Resistencia, que incluye a este fenómeno una relación compleja entre el individuo y el contexto en la producción de factores de riesgo y protectores de la subjetividad del sujeto, la búsqueda de su aplicación a la realidad organizacional, teniendo en cuenta que el mundo contemporáneo demanda una mano de obra determinada, a saber, el trabajador flexible, versátil, experto en el cambio y, así, resistente. Con estas consideraciones, habrá un proceso de reflexión sobre las situaciones en que la resistencia puede ser un promotor de la salud mental, y sobre los contextos que contribuyen al proceso de la enfermedad del trabajador, que buscan maneras del psicólogo actuar en un contexto de trabajo adverso, teniendo en cuenta que el objetivo de esta actividad consiste en garantizar la protección/promoción de la salud y la calidad de vida en su trabajo.

Resumo (inglês)

This theoretical study rescues a contextual and procedural conception of Resilience, which includes such phenomenon as a complex relationship between individual and environment in the production of risk and protective factors to the individual subjectivity, seeking to apply it to the organizational reality, considering that the contemporary market job demands a specific worker, who must be flexible, versatile and adept at change so, therefore, resilient. From these considerations, there will be a process of reflection on the situations in which resilience can be a promoter of mental health, and about the contexts that contributes to the worker disease process, seeking to discuss action possibilities of the psychologist in adverse labor context, considering that the main goal of this professional activity is to ensure the protection/promotion of health and life quality in the workplace.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Psicologia em Estudo. Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá (UEM), v. 16, n. 4, p. 623-633, 2011.

Itens relacionados

Financiadores