Atenção farmacêutica em pacientes hipertensos: um estudo piloto

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011

Orientador

Almedia, Adélia Emilia de
Santos, Jean Leandro dos

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Farmácia-Bioquímica - FCFAR

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) tem alta prevalência e baixas taxas de controle, é considerada um dos principais fatores de risco modificáveis e um dos mais importantes problemas de saúde pública. A adesão ao tratamento, assim como o uso correto dos medicamentos, são fatores preponderantes para o sucesso terapêutico. A atenção farmacêutica pode ser definida como interação direta do farmacêutico com o paciente, visando a uma farmacoterapia racional e à obtenção de resultados mensuráveis, voltados para a melhoria da qualidade de vida. O presente estudo teve como objetivo implantar um projeto piloto de Atenção Farmacêutica em 20 pacientes hipertensos, em farmácia privada do município de Matão/SP. Para a realização do estudo piloto foi utilizada a metodologia Dáder para o seguimento farmacoterapêutico adaptada aos pacientes hipertensos selecionados. Os pacientes foram divididos em grupo controle e grupo intervenção. Os pacientes do grupo controle tiveram a pressão arterial (PA) aferida em dois momentos: no início do estudo e ao final. Por outro lado, os pacientes do grupo intervenção foram submetidos à aferição de PA em média 3 vezes por semana e receberam acompanhamento farmacoterapêutico

Descrição

Idioma

Português

Como citar

MODÉ, Carolina Luiza. Atenção farmacêutica em pacientes hipertensos: um estudo piloto. 2011. 51 f. Trabalho de conclusão de curso (farmácia-Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, 2011.

Financiadores