Aplicação de silício em cana-de-açúcar sob déficit hídrico

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2022-10-13

Orientador

Gratão, Priscila Lupino

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Engenharia Agronômica - FCAV

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (português)

A cana-de-açúcar é uma cultura de extrema importância comercial no Brasil e mundialmente importante no abastecimento energético e de alimentos. Contudo é uma cultura que sofre grandes consequências negativas quando enfrenta pouca disponibilidade hídrica e o Si tem sido um elemento que promete ajudar a planta neste problema. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito atenuante do Silício (Si) no manejo da cultura da cana-de-açúcar submetida a deficiência hídrica. Para isso, os seguintes tratamentos foram realizados: controle; deficiência hídrica (DH); controle com adição de silício (Si) e deficiência hídrica com adição de silício (DH+Si). Cada tratamento foi submetido a um delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x2 com 7 repetições. Para a deficiência hídrica foi utilizado 30% da capacidade de retenção de água no solo e os tratamentos sem deficiência hídrica foram mantidos em 70% da capacidade de retenção de água no solo. O fornecimento do Si via radicular foi realizado juntamente com a solução nutritiva durante 2 meses. As plantas foram mantidas nessas condições durante 90 dias sendo a fase de deficiência hídrica aplicada nos cinco dias finais do crescimento das mudas pré-brotadas (MPB) de cana-de-açúcar. As folhas foram coletadas para as análises bioquímicas do teor de carotenóides; conteúdo relativo de água, silício; potencial hídrico foliar e malondialdeído. Os resultados indicaram que o pré-tratamento com Si foi efetivo contra os danos ocasionados pela deficiência hídrica, indicando que o Si pode sim ser um fator atenuante das alterações fisiológicas causadas pelo estresse.

Resumo (inglês)

Sugarcane is a crop of extreme commercial importance in Brazil and globally important in energy and food supply. However, it is a crop that suffers major consequences when we face little water availability and Si has been an element that promises to help the plant in this problem. The main of this work was to evaluate the attenuating effect of Si in sugarcane management under water deficit stress. For this, the following treatments were performed: control, water deficit (DH), control with the addition of silicon (Si), and water deficit with the addition of silicon (DH+Si). Each treatment was submitte d to a completely randomized design in a 2x2 factorial scheme with 7 repetitions. For water deficit, 30% of the soil water holding capacity was used, and treatments without water deficit were maintained at 70% of the soil water holding capacity. The use of Si via the root was carried out together with the nutrient solution for 2 months. The plants were maintained under these conditions for 90 days, and the water deficit was applied during five days of the growth of presugarcane. Leave sprouted seedlings of s were harvested for biochemical analysis of chlorophyll and carotenoid content, relative water content, silicon content, leaf water potential, and malondialdehyde. The results indicated that the preeffective against the effects of w treatment with Si was ater deficit, showing that Si can be an effective attenuating of the physiological changes caused by abiotic stress. Keywords: Saccharum spp ; Carotenoids ; Relative water content;

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados