Manejo químico de espécies de trapoeraba com aplicação isolada e em mistura de diferentes herbicidas

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2012-01-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Univ Fed Rural Semi-arido-ufersa

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

This paper evaluated the effect of different herbicides applied isolated and mixed on two species of dayflower (Commelina benghalensis and Commelina villosa). Both species were grown under pot conditions with a capacity of 14 L. Three stems with 10 cm were planted per pot. The herbicides application was made using a stationary spray system, to provide a spray volume of 200 L ha(-1), with spray tip XR 110.02VS, when the plants were with dimensions of 25-35 cm for C. benghalensis and 30-35 cm for C. villosa. The mixture saflufenacil more effective control of C. benghalensis were saflufenacil + glyphosate (48 + 720 g ha(-1)) and, saflufenacil + (glyphosate + imazethapyr) with and without the addition of ammonium sulfate (24 + 623 g ha(-1)). The combination of carfentrazone + glyphosate (20 + 720 g ha(-1)) were also effective in the C. benghalensis control. The saflufenacil mixture allowed plant control of C. villosa, where saflufenacil + glyphosate (24 + 720 g ha(-1)) with the addition of ammonium sulfate, showed a good visually control of this species. The application of 2,4-D (720 g ha(-1)) and 2,4-D + glyphosate (720 + 720 g ha(-1)) provided the best visual controls of C. benghalensis e C. villosa. All chemical treatment regardless of Commelina species reduced the dry mass of dayflower.

Resumo (português)

Este trabalho objetivou avaliar o efeito de diferentes herbicidas aplicados de forma isolada e em mistura sobre duas espécies de trapoeraba (Commelina benghalensis e Commelina villosa). As espécies de trapoeraba foram multiplicadas em condições de vaso com capacidade de 14 L. Foram plantadas três hastes de plantas por vaso com 10 cm de comprimento. A aplicação dos herbicidas foi efetuada com um sistema estacionário de pulverização, no volume de calda de 200 L ha-1 e com pontas XR 110.02VS, quando as plantas de trapoeraba apresentavam de 25-35 cm de comprimento para a espécie C. benghalensis e 30-35 cm de comprimento para a C. villosa. As misturas de saflufenacil mais eficazes para o controle de C. benghalensis foram saflufenacil + glyphosate (48 + 720 g ha-1) e saflufenacil + (glyphosate + imazethapyr), com e sem da adição de sulfato de amônio (24 + 623 g ha-1), além da mistura de carfentrazone + glyphosate (20 + 720 g ha-1) que também teve controle desta espécie. Todas as misturas de saflufenacil proporcionaram bom controle das plantas de C. villosa, sendo a mistura saflufenacil + glyphosate (24 + 720 g ha-1) com sulfato de amônio a mais efetiva visualmente no controle desta espécie. A aplicação de 2,4-D (720 g ha-1) e 2,4-D + glyphosate (720 + 720 g ha-1) proporcionou os melhores controles visuais das plantas de C. benghalensis e C. villosa. Todos os tratamentos químicos testados independente da espécie de Commelina estudada, reduziram a massa seca da trapoeraba.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Caatinga. Mossoro: Univ Fed Rural Semi-arido-ufersa, v. 25, n. 2, p. 21-28, 2012.

Itens relacionados

Financiadores