Avaliação da essencialidade da metionina e lisina em frangos de corte pelo turnover de isótopos estáveis de carbono

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-01-04

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da suplementação de metionina e lisina sobre a taxa de troca isotópica do carbono em tecidos de frangos de corte e seu processo de renovação, utilizando-se a variação natural do carbono-13. Foram utilizados 206 pintos, os quais do 1 a 20 dias de idade, receberam dieta basal compostas predominantemente por plantas do ciclo fotossintético C4 e a partir de 20 dias de idade passaram a receber as dietas experimentais compostas por plantas do C3 possuindo sinal isotópico de 13C diferentes da dieta na fase inicial. O ensaio consistiu em quatro tratamentos: dieta Basal (sem suplementação de aminoácidos); B+ 0,47Met (dieta basal com suplementação de metionina); B+1,18Lys (dieta basal com suplementação de lisina) e B+0,47Met+1,18Lys (dieta basal com suplementação de metionina e lisina). Os animais que receberam dieta B+1,18Lys apresentaram a taxa de troca isotópica mais rápida de carbono nos tecidos analisados em relação às outras dietas, o que evidencia a importância desse aminoácido na formação desses tecidos analisados. O tecido mais representativo foi o tecido muscular, seguido do fígado e do plasma. Ficou evidente a função da lisina como primeiro aminoácido limitante na formação dos tecidos analisados dos frangos de corte no período de 20 a 43 dias de idade e como o principal constituinte plástico do tecido muscular. A técnica dos isótopos estáveis demonstrou ser eficiente na mensuração da taxa de troca isotópica tecidual em frangos de corte e pode demonstrar a importância da metionina e lisina como aminoácidos limitantes na alimentação de frangos de corte
The goal of the current study was to evaluate the effect of methionine and lysine supplementation on carbon turnover in broiler chickens tissues and its renewal process using carbon-13 natural variation. Two hundred and six one-d-old chicks were used, of which 1-20 d old were fed with a basal diet composed predominantly for C4 photosynthetic plants cycle and from 20 d old started receiving the experimental diets consisting of C3 plants having different 13C isotopic signal compared to the initial phase diet. The trial was consisted of 4 treatments: Basal diet (without amino acid supplementation), B+0.47Met (basal diet supplemented with methionine), B+1.18Lys (basal diet supplemented with lysine), and B+0.47Met+1.18Lys (basal diet supplemented with methionine and lysine). The animals fed with B+1.18Lys diet showed the carbon turnover faster in those analyzed tissues compared to other diets, which highlights the importance of this amino acid in the formation of these tissues. The most representative was the muscle tissue, followed by liver and blood plasma. It was evident the lysine function as the first limiting amino acid in the tissue formation analyzed in broilers within 20-43 d old and as the main plastic constituent of muscle tissue. The stable isotope technique proved to be efficient in measurement of tissue turnover, and can demonstrate the methionine and lysine importance as limiting amino acids in the broiler chickens diets

Descrição

Palavras-chave

Aminoacidos, Carbono 13, Frango de corte, Isótopos estáveis, Metionina, Lisina na nutrição animal, Lysine in animal nutrition, Methionine

Como citar

MARUNO, Mariana Kiyomi. Avaliação da essencialidade da metionina e lisina em frangos de corte pelo turnover de isótopos estáveis de carbono. 2013. xi, 57 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Botucatu, 2013.