Conscientização ambiental através da interação com abelhas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho apresentado em evento

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Introdução: As abelhas são fundamentais para a conservação da biodiversidade e para a produção de alimentos no mundo. Contudo, as ações antrópicas têm promovido a redução da população de abelhas, colocando em risco a perpetuação das florestas e a produção de alimentos. A utilização de trilhas ecológicas propicia a aproximação com a natureza de forma dinâmica, auxiliando na formação de cidadãos com consciência na preservação ambiental. Essa estratégia torna as crianças críticas nas tomadas de decisões perante a sociedade, em assuntos relacionados ao ambiente e sua preservação. Objetivos: Conscientizar os alunos do nono ano do ensino fundamental público de Dracena/SP sobre a importância das relações ecológicas e da preservação ambiental, destacando-se a importância ecológica das abelhas e os benefícios à população humana em decorrência da sua exploração racional. Métodos: Com o uso da trilha ecológica "Apiário Interativo", localizada no Campus da UNESP de Dracena, foi elaborado questionário, pelo qual se avaliou o conhecimento de 189 crianças que visitaram a trilha, sendo identificado o nível de conhecimento sobre o tema antes e após o percurso da trilha, no que diz respeito à importância das abelhas, preservação dos recursos naturais e produtos produzidos pelas abelhas. Resultados: Antes de percorrer a trilha, o guia perguntou se as plantas sobrevivem sem as abelhas e a maioria (97%) disse que não, pois já conhecia a importância das abelhas na polinização, fato esse desconhecido para o restante (3%) até o momento. Sobre a importância das abelhas para o homem, a maioria lembrou-se do mel (89%), tendo outras respostas como polinização (76%), tratamento com apitoxina (6%) e obtenção de outros medicamentos (5%). Após a visita, 96% responderam que as abelhas são úteis para a polinização, produção de mel (59%), elaboração de remédios (21%) e tratamento com apitoxina (5,82%). Também perguntou-se quais produtos as abelhas produzem, tendo como resposta o mel (100%), pólen (55%), própolis (53%), polinização (31%) e apitoxina (11%). Após os estudantes percorrerem a trilha, as respostas obtidas foram: mel (100%), própolis (89%), pólen (73%), geleia real (58%), cera (45%), polinização (42%) e apitoxina (22%). Sobre os produtos das abelhas que já foram consumidos por eles, (91,53%) disseram mel e 49,74% própolis. Sobre qual produto gostariam de experimentar, 93,12% disseram mel e 34,92% disseram própolis e geleia real. O processo de conhecimento dos visitantes sobre as questões abordadas antes e após a trilha foi significativo, podendo-se concluir que essa estratégia é eficaz para ampliar o conhecimento e comprometimento ambiental das crianças através da aproximação com o mundo das abelhas, inclusive estimulando o uso dos produtos das abelhas pelo homem.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

CONGRESSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA, 7., 2013, Águas de Lindólia. Anais... São Paulo: PROEX; UNESP, 2013, p. 09771

Itens relacionados

Financiadores