Hanseníase multibacilar e tuberculose cutânea

Resumo

Introdução: Hanseníase e Tuberculose são enfermidades associadas à supressão da imunidade celular do tipo TH1. As manifestações clínicas da hanseníase são usualmente cutâneas e da tuberculose (Tbc) tegumento-pulmonares. O objetivo é demonstrar a presença de ambas as enfermidades no mesmo paciente. Relato do caso: Paciente masculino, 59 anos, em uso de prednisona 40mg/d há 6 meses devido a um quadro “alérgico”, com queixa de úlcera peri-anal dolorosa e sangrante. Ao exame apresentava úlcera fagedênica peri-anal e inguinal fistulizado e pápulas normocrômicas no antebraço. Histopatológico de lesão nodular e da úlcera mostra infiltrado granulomatoso com BAAR +,interpretado como hanseníase multibacilar. O tratamento não resultou em melhora das lesões inguinais e perianal. Novos exames demonstraram serem as lesões ulceradas causadas pelo Mycobacterium tuberculosis, por cultura, e as lesões pápulo-nodulares serem Mycobacterium leprae, por PCR. Tratamento para ambas foi eficaz. O M.leprae e M.tuberculosis são patógenos intracelulares obrigatórios e a defesa do hospedeiro está diretamente associada à imunidade celular. Mesmo em países endêmicos para ambas as enfermidades a associação das duas doenças é de ocorrência excepcional. O uso da corticoterapia utilizada para quadro alérgico (ENH) facilitou a ocorrência da Tbc. O caso relata a importância dos métodos auxiliares diagnósticos em caso de difícil interpretação clínica.

Descrição

Palavras-chave

Hanseníase, Tuberculose cutânea, Diagnóstico

Como citar

Hansenologia Internationalis, v. 36, n. 1, p. 63, 2011.