Políticas ambientais na raia divisória São Paulo-Paraná-Mato Grosso do Sul: estudo das áreas potenciais para a criação de corredores ecológicos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-10-09

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta pesquisa em nível de doutorado teve como objetivo central, realizar um estudo sobre a cobertura vegetal na Raia Divisória São Paulo-Paraná-Mato Grosso do Sul, analisando os fragmentos florestais, Área de Preservação Permanente e Reservas Legais, associados aos conflitos de uso e cobertura da terra, bem como as áreas atingidas por reservatórios artificias de usinas hidrelétricas nos rios Paraná e Paranapanema, indicando possíveis área potenciais para a criação de corredores ecológicos, tendo em vista as políticas ambientais definidas na legislação brasileira. A metodologia envolveu o estudo da paisagem na perspectiva geossistêmica a partir do arcabouço teórico-metodológico do modelo GTP (GeossistemaTerritório-Paisagem) proposto por Bertrand e do tripé geossistêmico composto por Potencial Ecológico + Exploração Biológica + Ação Antrópica, considerando o estudo global do meio ambiente a partir da geografia física. Além disso, a pesquisa recorre à literatura presente na ecologia, especificamente no modelo ecossistêmico e na ecologia da paisagem, para analisar o processo de fragmentação da mesma. Dentre as etapas de procedimentos de pesquisa, destacase: a) a revisão bibliográfica sobre a paisagem , geossistema, biogeografia, ecologia da paisagem, fitossociologia, legislação ambiental e corredores ecológicos; b) cartografia da temática para a caracterização do potencial ecológico da área de estudo, utilizando bases cartográficas de órgãos oficiais brasileiros (IBGE, ANA, DNIT, CPRM e etc.), e os dados de uso e cobertura da terra da coleção IV do projeto MapBiomas; c) trabalhos de campo com levantamentos fitossociológicos para analisar os fragmentos florestais distribuídos ao longo da Raia Divisória, por meio de fichas biogeográficas e pirâmides de vegetação. A partir dos dados produzidos, as informações foram sistematizadas por meio de tabelas, gráficos, quadros, mapas e pirâmides. A conclusão traz as indicações das possíveis áreas potenciais para a criação dos corredores ecológicos considerando as unidades da geossistêmicas ao longo da Raia Divisória, na transição dos biomas da Mata Atlântica-Cerrado.
The following research at the doctoral level has the central objective of conducting a study on vegetation cover in the Raia Divisória São Paulo-Paraná-Mato Grosso do Sul, analyzing forest fragments, Permanent Preservation Area and Legal Reserves, associated with conflicts of use and coverage of land, as well as the areas affected by artificial reservoirs of hydroelectric plants on the Paraná and Paranapanema rivers, indicating possible potential areas for the creation of ecological corridors, in view of the environmental policies provided for in Brazilian legislation. The methodology involved the study of the landscape in the geosystemic perspective from the theoretical-methodological framework of the GTP model (GeosystemTerritory-Landscape) proposed by Bertrand, and the geosystemic tripod composed of Ecological Potential + Biological Exploration + Anthropic Action, considering the global study of environment from physical geography. In addition, the research uses the literature present in ecology, specifically in the ecosystem model and in landscape ecology, to analyze its fragmentation process. Among the stages of research procedures, the following stand out: a) the bibliographic review on the landscape, geosystem, biogeography, landscape ecology, phytosociology, environmental legislation and ecological corridors; b) thematic cartography for the characterization of the ecological potential of the study area, using cartographic bases from Brazilian official agencies (IBGE, ANA, DNIT, CPRM and etc.), and the land use and land cover data from the MapBiomas project's collection IV ; c) fieldwork with phytosociological surveys to analyze the forest fragments distributed along the Raia Divisória, using biogeographical records and vegetation pyramids. From the data produced, the information was systematized through tables, graphs, charts, maps and pyramids. The conclusion brings indications of possible potential areas for the creation of ecological corridors considering the geosystemic units along the Raia Divisória, in the transition of the Atlantic Forest-Cerrado biomes.

Descrição

Palavras-chave

Paisagem, Geossistema, Políticas ambientais, Raia divisória São Paulo-Paraná-Mato Grosso do Sul, Corredores ecológicos, Fragmentos florestais, Landscape, Geosystem, Environmental policies, Raia divisória São Paulo-Paraná-Mato Grosso do Sul, Ecological corridor, Forest fragments

Como citar