Crescimento inicial do eucalipto em função da aclimatação em viveiro

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-09-12

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

This study aimed to evaluate the acclimatization effects in the Eucalyptus grandis vs. Eucalyptus urophylla seedlings nursery in their initial growth in two soils types, clay and sandy. The seedlings were planted in Plantmax substrate and in rice hulls plus vermiculite, and managed, after 60 days of the mass propagation (DAE), during the rustication. There were five different frequencies of subsurface drip irrigation, restoring the soil field capacity condition: F1, F2, F3 and F4, which were irrigated once, twice, three and four times a day, respectively, and FD, kept in continue irrigation until planting at 90 DAE. In a randomized block design with four replications, plant height (HPA) were evaluated at 6 and 13 months after planting and the diameter at breast height (DAP) at 13 months after planting. Findings show that water management at hardening phase seedlings had no influence on growth in both soils.

Resumo (português)

Este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da aclimatação em viveiro, das mudas de Eucalyptus grandis vs. Eucalyptus urophylla, no crescimento inicial em dois solos de SP, um arenoso e outro argiloso. As mudas foram produzidas nos substratos Plantmax e casca de arroz carbonizada mais vermiculita, e manejadas, a partir dos 60 dias após estaquia (DAE), durante a fase de rustificação, com cinco diferentes frequências de irrigação por subsuperfície, restabelecendo a condição de capacidade de campo: F1, F2, F3 e F4, as quais foram irrigadas uma, duas, três e quatro vezes ao dia, respectivamente, e FD, mantidas em irrigação, até o plantio aos 90 DAE. Num delineamento de campo de blocos ao acaso com quatro repetições, foram realizadas avaliações da altura da parte aérea (HPA), aos 6 e aos 13 meses após o plantio e do diâmetro à altura do peito (DAP) aos 13 meses após o plantio. Verificou-se que não houve influência no crescimento, tanto em altura como em diâmetro, para ambos os solos, do manejo da água na fase de rustificação das mudas.

Descrição

Idioma

Inglês

Como citar

Irriga, v. 16, n. 2, p. 199-211, 2011.

Itens relacionados

Financiadores