Práticas pedagógicas de professores do Ensino Fundamental I: alunos com deficiência e a pandemia de COVID-19

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-08-29

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

As práticas pedagógicas inclusivas junto aos alunos com deficiência têm sido norteadas pelos documentos oficiais brasileiros, tendo como propósito ampliar a participação de todos os alunos no sistema regular de ensino. No Brasil, em 2020 e 2021, diante da pandemia de COVID-19 foram tomadas medidas de enfrentamento à doença por meio do distanciamento social e, consequentemente, do fechamento das escolas. A alternativa tomada pelo poder público a essa situação foi a suspensão das aulas presenciais e adoção emergencial do ensino remoto e híbrido, que impactaram e geraram mudanças no processo ensino/aprendizagem, práticas e recursos didáticos destinados a todos os alunos. Neste cenário, a presente pesquisa teve por objetivo compreender e analisar as práticas pedagógicas relatadas pelos professores do ensino fundamental I de uma escola municipal do interior paulista diante do ensino remoto, híbrido e do retorno ao presencial no atendimento aos alunos com deficiência. Essa pesquisa tem uma abordagem qualitativa e configura-se como um estudo de caso. O instrumento de coleta de dados foi um roteiro de entrevista semiestruturada realizada com nove professores do ensino regular, que tinham alunos com deficiência matriculados em suas salas de aula; elas foram realizadas presencialmente, ao final do ano letivo de 2021. Os dados mostraram como foi estruturado o ensino remoto (atividade impressa e vídeo, posteriormente aula online pelo google meet) e híbrido (revezamento de 50% dos alunos entre ensino presencial em uma semana e na outra atividade impressa), nos municípios que passaram por mudanças ao longo de sua implementação e quais práticas pedagógicas e recursos foram utilizados com esses alunos. Com esse estudo pode-se concluir que o sistema de ensino e professores não estavam preparados para atuar nestes formatos e, mesmo com sobrecarga de trabalho, os professores buscaram alternativas para o ensino e avaliação de alunos com deficiência.
Inclusive pedagogical practices for students with disabilities have been guided by official Brazilian documents, with the purpose of increasing the participation of all students in the regular education system. In Brazil in 2020 and 2021, in the face of the COVID-19 pandemic, measures were taken to combat the disease through social distancing and consequently, the closure of schools. The alternative taken by the public authorities to this situation was the suspension of face-to-face classes and the emergency adoption of remote and hybrid teaching, which impacted and generated changes in the teaching/learning process, practices and teaching resources intended for all students. In this scenario, the present research aimed to understand and analyze the pedagogical practices related by elementary school teachers at a municipal school in the interior of São Paulo in the face of remote, hybrid and in-person teaching when serving students with disabilities. This research has a qualitative approach and is configured as a case study. The data collection instrument was a semi-structured interview script carried out with nine regular education teachers who had students with disabilities enrolled in their classroom, which were carried out in person at the end of the 2021 school year. The data showed how remote teaching was structured (printed activity and video, later printed activity and online class via Google Meet) and hybrid (50% of students rotating between face-to-face teaching in one week and the other printed activity) in the municipality that passed changes throughout its implementation and which pedagogical practices and resources were used with these students. With this study it can be concluded that the education system and teachers were not prepared to work in these formats and even with work overload, teachers sought alternatives for teaching and evaluating students with disabilities.

Descrição

Palavras-chave

Práticas Pedagógicas, Alunos com deficiência, COVID-19, Pedagogical Practices, Students with Disabilities

Como citar

Urban, A. L. P. Práticas Pedagógicas de Professores do Ensino Fundamental I: Alunos com deficiência e a Pandemia de COVID-19. 2023. 153 p. Tese (Doutorado em Educação Escolar) Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara. Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho". Araraquara, 2023.